Sua empresa sempre verá a nossa
com bons óleos!

Notícias

Saiba por que as vendas de agroquímicos travaram no Brasil

Data da publicação: 31/07/2017

Os últimos balanços da multinacionais de agroquímicos mostraram quedas nas vendas, e o desempenho no Brasil foi apontado como um dos principais fatores negativos. O Portal Agrolink conversou com Flavio Hirata, diretor da Consultoria AllierBrasil, e perguntou:

 

 

Agrolink - Por que as vendas de agroquímicos arrefeceram no Brasil?

Flavio Hirata - Em parte devido ao elevado estoque de produtos nas revendas e nos grandes agricultores no final do ano. Esta prática no mercado é conhecida como estoque de passagem.

Em relação a parte técnica e manejo, considerando que a soja é o maior mercado de defensivos agrícolas, toda e qualquer introdução de novas tecnologias na cultura desta oleaginosa tende a impactar o uso de defensivos agrícolas. É o caso da Soja Intacta. Com o aumento da área plantada com esta OGM, está havendo uma supressão de lagartas e consequentemente diminuição das aplicações de inseticidas com volumes de vendas tradicionalmente elevados como metomil, clorpirifos e os fisiologicos. Também o plantio de variedades de soja com ciclos mais curtos, diminuindo-se assim a exposição da área foliar, reduzindo o potencial de infestação da ferrugem-da-soja, e também as aplicações de fungicidas de final de ciclo.

 

 

Finalmente há a influência do câmbio e preços das commodities no mercado internacional. Quando os preços internacionais estão baixos, a tendência do vendedor é segurar as vendas até uma melhora dos preços para, a partir de então, começar vender. Se os agricultores não vendem, estes não têm recursos para comprar defensivos agrícolas, e atrasam as compras.

 

 

 

Agrolink - O que provocou os altos estoques no início do ano?

Flavio Hirata - Como acontece todos os anos, nos últimos meses do ano os distribuidores vendem produtos numa quantidade maior que a demanda necessária, com o objetivo de atingirem suas metas de vendas.

Agrolink - Qual é a perspectiva para os próximos meses?

Flavio Hirata - Espera-se um aquecimento das vendas e entregas de produtos levando-se em conta o plantio de verão.

Veja também: Agroquímicos: “Mercado concentrado asfixia concorrência”

Fonte: Agrolink Outras notícias

INDICADORES

Valor Var(%) Valor Var(%)
Açucar R$ 52,79/sc -0,94% Algodão R$ 241,58/lp 0,07%
Arroz R$ 39,63/sc -0,50% Bezerro R$ 1,09/cab 0,04%
Boi R$ 135,94/@ -1,49% Café R$ 448,96/sc 0,07%
Milho R$ 27,57/sc -0,93% Soja R$ 69,43/sc 0,40%
Fonte: Cepea - Atualizado em: 22/08/2017

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba todas as novidades.