A Neste contesta as alegações do USDA dizendo que recebeu volumes fraudulentos de UCO

A Neste contesta as alegações do USDA dizendo que recebeu volumes fraudulentos de UCO
Imagem: Neste ©

A produtora finlandesa de combustíveis renováveis, Neste, contestou as alegações feitas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O USDA afirmou, em seu último Relatório Anual de Biocombustíveis, que a empresa havia recebido volumes fraudulentos de óleo de cozinha usado (UCO).

As alegações feitas pelo USDA em seu Relatório Anual de Biocombustíveis foram baseadas em um mal-entendido, disse Neste em 8 de setembro.

Em 1º de setembro, o USDA publicou um relatório. Nele, sugere-se que a Neste possa ter recebido volumes fraudulentos de óleo de cozinha usado (OAU). Isso ocorreu em sua refinaria de produtos renováveis em Cingapura. Mais precisamente, óleo de palma virgem da Indonésia foi exportado fraudulentamente como OAU via China.

Em resposta, a Neste disse que levou a sério os casos de suspeita de fraude e os investigou de acordo. Além disso, a empresa disse que avaliou continuamente a qualidade e a autenticidade dos volumes de matéria-prima que recebeu, realizando análises laboratoriais completas das amostras de volumes de UCO recebidas em seus terminais da China.

As análises recentes da Neste sobre o UCO recebido da China não corroboraram as alegações do USDA, levando a empresa a acreditar que a referência à Neste no relatório do USDA foi um erro ou se baseou em um mal-entendido.

Abordagem e garantias de rastreabilidade da Neste

A empresa, ademais, disse que entraria em contato com as autoridades competentes do USDA para discutir e saber mais sobre as alegações do relatório.

Anteriormente, em sua declaração, a Neste disse que tinha métodos robustos para evitar fraudes em suas cadeias de suprimento de matérias-primas renováveis.

Além disso, a empresa obteve UCO rastreável e outras matérias-primas renováveis globalmente de fornecedores cuidadosamente selecionados, disse a Neste.

Por conseguinte, a Neste avaliou seus fornecedores e aceitou matérias-primas renováveis apenas daqueles fornecedores capazes de atender a critérios rigorosos de sustentabilidade e regulamentação do mercado final, disse a empresa.

“A Neste garante a rastreabilidade das matérias-primas de origem, conforme exigido por lei, e usa auditorias, realizadas por especialistas independentes e pela própria, para monitorar o desempenho de sustentabilidade dos fornecedores. Isso também ajuda a reduzir o risco de fraude em suas cadeias de suprimento”, disse a empresa no comunicado.

“A Neste não importa biocombustíveis convencionais (ou seja, “diesel de base biológica” no relatório do USDA) nem diesel renovável (ou seja, “diesel renovável derivado de hidrogenação” no relatório do USDA) da China ou da Indonésia para o mercado europeu ou outro lugar. Em vez disso, a empresa produz seus … produtos renováveis, como o diesel renovável, em suas próprias refinarias. Portanto, qualquer sugestão de que estaria de alguma forma envolvida nas exportações de biocombustíveis da China ou da Indonésia para a Europa ou outro lugar está incorreta.”

Fonte: Oils & Fats International

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.