ADM reavalia investimento em produtos à base de plantas devido à menor demanda por alternativas à carne

ADM reavalia investimento em produtos à base de plantas devido à menor demanda por alternativas à carne
Imagem: Pixabay

A gigante global do agronegócio Archer Daniels Midland (ADM) está reconsiderando seu plano de investir US$ 300 milhões na expansão da produção de proteínas alternativas, devido à crescente falta de interesse em alimentos à base de plantas, revelou Juan Luciano, CEO da empresa, de acordo com a Food Dive.

A ADM “reformulou” seu projeto de investimento “para melhor se adaptar ao ambiente de demanda com menor crescimento esperado”, afirmou Luciano durante a teleconferência de resultados em 24 de outubro.

A empresa notou uma redução nos estoques do mercado devido à diminuição da demanda dos consumidores, e prevê que esses ventos contrários persistam no próximo ano, conforme destacado no relatório de 25 de outubro.

O lucro da unidade de nutrição da ADM totalizou US$ 138 milhões no terceiro trimestre, representando uma queda de 22% em relação aos US$ 177 milhões do ano passado.

Crescimento impulsionado por demanda de etanol e setores de nutrição

No entanto, os lucros gerais da empresa superaram as expectativas dos analistas, impulsionados pelo aumento da demanda por etanol e pelo crescimento em algumas áreas dos negócios de nutrição e sementes oleaginosas, conforme relatado pela Food Dive.

Apesar do contínuo interesse dos consumidores na categoria de proteínas alternativas, os preços mais elevados em comparação com os das carnes tradicionais diminuíram o número de clientes recorrentes e reduziram as vendas, conforme indicado em um relatório do CoBank.

Além dos fatores de custo, as atuais percepções sobre sabor, valor e versatilidade continuam sendo obstáculos para a categoria, de acordo com o relatório.

No ano passado, a ADM revelou planos. Eles visavam expandir a produção de proteínas alternativas em Decatur. O objetivo era atender ao crescimento expressivo da demanda na época. A informação foi divulgada pela Food Dive.

Entretanto, a desaceleração das vendas indicava que o mercado de carnes à base de vegetais poderia estar atingindo um ponto crítico, segundo o relatório.

Para compensar a desaceleração da demanda, a empresa estava concentrando seu portfólio em “categorias mais resistentes”, incluindo nutrição especializada e laticínios.

ADM busca resiliência em segmentos específicos após desaceleração nas vendas

A transição foi parcialmente interrompida. Uma explosão ocorreu no complexo de processamento da empresa em Decatur, ferindo oito trabalhadores, conforme indicado no relatório.

“Trabalharemos agressivamente para reiniciar as capacidades operacionais em Decatur East e minimizar o impacto em 2024”, acrescentou Luciano.

No terceiro trimestre, a ADM teve um lucro líquido de US$ 821 milhões, marcando uma redução de 20% em comparação com o ano anterior. No último trimestre, o comerciante de grãos observou uma queda nas margens globais de esmagamento de soja. Além disso, houve uma mudança desfavorável na demanda de exportação para o Brasil.

A forte demanda por biocombustíveis impulsionou os lucros, conforme indicado no relatório, e espera-se que essa tendência continue no próximo ano.

Fonte: Oils & Fats Internacional

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.