Agropecuária pode voltar a levantar o PIB em 2017

O economista Alexandre Cabral, da NeoValue Investimentos, afirma que a queda de 6,6% no PIB do setor agropecuário em 2016 foi um resultado “surpreendentemente ruim”. No entanto, ele acredita que “no fim de 2017 esse número pode vir excelente, já que estamos com possibilidade de safra recorde (apesar de todos os problemas de escoamento, como destacou o Ministro da Agricultura)”.

 

“Em 2015, o setor tinha ido muito bem, com alta de 3,6%, ajudando demais o nosso PIB a não ter sido ainda pior que os -3,8% registrados. Mas o que aconteceu com o setor em 2016? Tivemos algumas áreas com queda grande na produção e na produtividade, como milho (-25,7%), cana de açúcar (-2,7%) e soja (-1,8%). Entre os motivos para esse desemprenho ruim, destacam-se os problemas climáticos, como seca e geadas no campo. Boa parte da segunda safra do milho, por exemplo, se perdeu por geada”, explicou o especialista em seu Blog Economia à vista.
 

Cabral ressalta que no último trimestre de 2016 já há indicativos de reversão de expectativas, com alta de 1,0% – contra 0,7% no mesmo período de 2015. “O que me preocupa é esse dólar a R$ 3,15. Se essa valorização grande que o real teve no ano passado continuar em 2017, pode acabar atrapalhando o aumento de receita do setor agropecuário. 

Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.