Brasil na frente dos EUA em sustentabilidade

Brasil na frente dos EUA em sustentabilidade
Imagem: Pixabay

Em 2022, uma pesquisa conduzida pela L.E.K. Consulting destacou o Brasil à frente dos Estados Unidos em práticas sustentáveis na agricultura. Dois anos depois, nossa pesquisa inédita revela que, ademais, as perspectivas continuam a melhorar, mostrando um agricultor brasileiro cada vez mais alinhado com soluções eficazes, especialmente em relação aos biológicos.

Aliás, a pesquisa, realizada pela L.E.K. Consulting, abordou diversas áreas das práticas agrícolas sustentáveis, soluções digitais e serviços financeiros (agfintechs), destacando as principais tendências no agronegócio brasileiro.

Os resultados indicam que 70% dos produtores brasileiros utilizam produtos biológicos, como biopesticidas. Ademais, a conscientização sobre a importância desses produtos atingiu 96%, representando um aumento de 10% em relação a 2022. Por outro lado, os principais motivos para a adoção dos biológicos incluem maior produtividade, menor custo, redução do impacto ambiental, eficácia superior, recomendações de colegas, mínimo desperdício químico e resistência a pragas.s resultados indicam que 70% dos produtores brasileiros utilizam produtos biológicos, como biopesticidas. Por fim, a satisfação com a eficácia dos biológicos é alta, com cerca de 80% dos produtores contentes com os resultados obtidos.

Agricultura regenerativa no Brasil: crescimento, tecnologia e sustentabilidade em foco

A agricultura regenerativa está em crescimento no Brasil, trazendo benefícios como a melhoria do solo, aumento da produtividade e captura de carbono. O plantio direto já cobre 63% das áreas agrícolas, com expectativa de alcançar 75% até 2030. As condições climáticas do país favorecem práticas como o plantio duplo com culturas de cobertura, que já são utilizadas ou planejadas por cerca de 90% dos produtores de grãos. Essas práticas não apenas aumentam a lucratividade, mas também se prevê que o mercado de culturas de cobertura atinja R$ 3 bilhões até 2027.

O WhatsApp é a ferramenta digital mais conhecida e valorizada pelos produtores brasileiros, com 93% de conhecimento e 87% de satisfação. É amplamente utilizado para funções comerciais, suporte técnico e negociações, especialmente por produtores mais velhos, enquanto os mais jovens preferem ferramentas técnicas. Informações de mercado, insumos, clima e desempenho agronômico são as mais procuradas. Contudo, restrições financeiras e acesso limitado à internet são barreiras para a digitalização. Revendedores de insumos reconhecem a necessidade de digitalizar suporte comercial, técnico e financeiro.

A consciência sobre práticas sustentáveis é alta, mas a compensação de carbono ainda é menos familiar. A adoção de créditos de carbono aumentou de 5% para 21%, e a conscientização de 41% para 84% entre 2022 e 2024, com destaque para os setores de café e cana-de-açúcar. O impacto dos créditos de carbono em práticas sustentáveis cresceu 44% nos últimos dois anos, com previsão de aumento de mais 30% até 2026. A legislação de carbono está em discussão no Brasil, com iniciativas voluntárias operando através de grandes fornecedores de insumos.

Fonte: Leonardo Gottems | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.