Com preocupações na região do Mar Negro, cotações futuras milho iniciam semana com ligeiras perdas na CBOT



Imagem: Pixabay


Contratos operam com quedas de 1,00 a 2,25 pontos.

Na Bolsa de Chicago (CBOT), as cotações futuras do milho iniciaram a sessão desta segunda-feira (13) com ligeiras quedas. Por volta das 10h01 (horário de Brasília), o vencimento Março/23 era cotado a US$ 6,79 com recuo de 1,00 pontos, enquanto o Maio/23 valia US$ 6,76 com desvalorização de 1,50 pontos.

{module Form RD}

O Julho/23 era negociado por US$ 6,64 com baixa de 1,75 pontos e o Setembro/23 tinha valor de US$ 6,07 por bushel com queda de 2,25 pontos.

Acompanhando o mercado do trigo, as negociações futuras do milho estão recuando diante dos conflitos entre a Rússia e a Ucrânia, que estão ameaçando reduzir a oferta da região do Mar Negro, conforme reportou a Reuters Internacional.

“O aumento das preocupações com a região do Mar Negro e o impacto nas exportações e produção da região devido à escalada das tensões entre a Rússia e a Ucrânia no final da semana passada estão influenciando os mercados”, disse Hightower em um relatório.

De acordo com as informações da Reuters Internacional, os comerciantes de milho e soja estão monitorando as previsões de chuvas na Argentina nos próximos dias.

A Reuters Internacional também pontuou que os agentes observam as condições climáticas no Brasil, com fortes chuvas ameaçando atrasar a colheita e postergar a semeadura da safra de milho e elevando os riscos para a cultura.


B3

Na Bolsa Brasileira (B3), os preços futuros do milho iniciam a sessão com ganhos nos principais contratos. Por volta das 10h07 (horário de Brasília), o vencimento Março/23 era cotado à R$ 89,15 com valorização de 0,18%, o Maio/23 valia R$ 90,67 com alta de 0,41%.

Refletindo a valorização dos preços no mercado interno, além do atraso na semeadura no milho 2ª safra e redução na oferta de milho de verão, os futuros do cereal acumularam valorizações acima de 1% no último fechamento, conforme apontou a Agrifatto Consultoria.

No mercado físico do milho, o milho encerrou a semana anterior sendo comercializado na média de R$ 86,00/sc em Campinas/SP.

Fonte: Andressa Simão | Notícias Agrícolas

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.