Como foram as exportações do agro?


Imagem: Pixabay

A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgou os dados das exportações do agronegócio em julho, que somaram USD 14,2 bilhões, valor 9,0% menor em comparação ao mês anterior e 25,7% superior a Jul/21. Pela primeira vez no ano o faturamento em vendas externas foi reduzido em relação ao mês anterior. No complexo soja, o volume exportado de grãos alcançou 7,5 milhões de toneladas – diminuição de 13,3% frente a Jul/21. O óleo de soja registrou 221 mil toneladas em vendas externas, volume 81,62% maior contra o mesmo mês do ano passado.

Para o farelo de soja também foi registrado aumento no volume embarcado, 2,3% versus Jul/2021. Em relação aos preços, as toneladas dos três principais produtos do complexo apresentaram aumentos de 36,4%, 29,6% e 11,1% para o grão, óleo e farelo, respectivamente frente a Jul/21. No setor de proteínas animais, para a carne bovina in natura foram registradas 167 mil toneladas exportadas do produto em Jul/22. As vendas são 9,6% maiores em quantidade contra o embarcado no mês anterior. Já se comparadas com as exportações de Jul/21, o volume é 1,1% maior.

Para a carne de frango houve diminuição de 4,5% do volume exportado em Jul/22 contra o sétimo mês de 2021, enquanto na carne suína a diminuição foi maior, pois as vendas externas do produto registradas em Jul/22 recuaram 5,2% em comparação com o registrado no mesmo mês do ano anterior.  Quanto aos preços em dólares para as proteínas animais, os valores de carne de frango e bovina foram 27,2% e 20,3% maiores no comparativo do sétimo mês desse ano versus Jul/21. Em contrapartida, no mesmo período, a carne suína apresentou queda de 4,6% na tonelada cotada.

{module Form RD}

No complexo sucroenergético, se comparado Jul/22 contra Jul/21, as quantidades embarcadas de açúcar refinado e bruto aumentaram em 17,9% e 16,2%, respectivamente. Em contrapartida, o etanol registrou um volume 4,8% menor no mesmo comparativo. Já os preços em dólares foram maiores para os três principais produtos em relação à Jul/21, 33,8% para o etanol, 18,4% para o açúcar refinado e 18,1% para o açúcar bruto. Quanto às vendas externas de milho, o volume de 4,1 milhões de toneladas exportadas em Jul/22 foi 106,9% maior frente ao embarcado em Jul/21.

Além da forte demanda externa pelo produto brasileiro por conta dos conflitos no leste europeu, a produção comprometida do milho segunda safra em 2021, especialmente na região Centro-Sul, corroborou para esse incremento nas vendas externas do cereal. Sobre os preços em dólares, o produto registrou aumento de 40,0% frente à cotação de Jul/21. Em relação ao algodão, o total embarcado no sétimo mês do ano foi 61,7% menor em comparação com o mesmo mês de 2021 porém os preços em dólares cresceram 58,3% no mesmo período.

Os dados são do Consultoria Agro Itaú BBA. 

Fonte: Aline Merladete | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.