Corteva e Bayer fornecem a maioria das sementes de milho, algodão e soja nos EUA em 2018-2020

Corteva e Bayer fornecem a maioria das sementes de milho, algodão e soja nos EUA em 2018-2020
Imagem: Pixabay

O setor de sementes agrícolas nos Estados Unidos enfrentou uma concentração marcante. Nas últimas décadas, poucas empresas passaram a dominar o fornecimento de sementes e produtos químicos agrícolas. A Corteva e a Bayer, que representaram mais da metade das vendas no varejo de sementes de milho, algodão e soja em 2018-2020, foram as principais influências, de acordo com o relatório do Serviço de Pesquisa Econômica (ERS) do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).

Além disso, o relatório apontou que quatro empresas, incluindo Bayer e Corteva, juntamente com o Syngenta Group da ChemChina e a BASF, controlam a maior parte das vendas de produtos agrícolas e insumos químicos nos Estados Unidos. Isso representa uma concentração significativa do mercado em um pequeno número de empresas.

Esse processo de concentração do mercado de sementes agrícolas pode ser atribuído a vários fatores, incluindo:

  1. Expansão dos direitos de propriedade intelectual: Nas décadas de 1970 e 1980, as empresas privadas ganharam direitos de propriedade intelectual para melhorias de culturas agrícolas. Isso criou incentivos para pesquisar e desenvolver novas variedades de sementes agrícolas biotecnológicas.
  2. Avanços na biotecnologia: Com o avanço da biotecnologia, as empresas têm criado variedades de sementes geneticamente modificadas (GM). Estas incluem milho, soja e algodão. Elas são tolerantes a herbicidas e resistentes a insetos.
  3. Fusões e integração: Houve fusões entre empresas que atuam na produção e venda de pesticidas, tratamentos de culturas, cultivos e características de sementes. Essas fusões resultaram em uma maior integração entre o setor de cultivos e o setor de produtos químicos agrícolas.

Desafios da concentração do mercado de sementes agrícolas

A concentração do mercado de sementes agrícolas pode ter implicações significativas para a competição e a inovação no setor. Isso também pode afetar os agricultores, uma vez que menos opções de fornecedores podem limitar suas escolhas e influenciar os preços. Portanto, o monitoramento e a regulamentação desse setor são questões importantes para a agricultura nos Estados Unidos e em todo o mundo.

Fonte: Oils & Fats International

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.