Crise na China: Como afeta a soja brasileira?


Imagem: Pixabay


Um dos fatores mais importantes que influenciam o preço da soja é a China, maior consumidor mundial. De acordo com a Consultoria TF Agroeconômica, o gigante asiático deve importar cerca de 101 milhões de toneladas da oleaginosa na próxima temporada, segundo estimativa do USDA (Departamento de Agricultura dos Estado Unidos).

{module Form RD}

Isso representaria nada menos que 63% de toda a demanda mundial, que são as 160 MT a serem exportadas na safra 2021/22, das quais 93 MT sairão pelo Brasil. “Esta demanda é responsável por uma boa parcela dos preços internacionais da soja. Ora, a China está vivendo dias difíceis em sua economia, principalmente pela forte elevação dos preços de todas as matérias-primas que importa, desde minério até soja e carnes”, salientam os analistas de mercado. 

“Sua economia, embora robusta, está dando sinais de que não aguenta tanto aumento. Como se não bastasse, a segunda maior incorporadora do país, a Evergrande, entrou em processo de falência, com uma dívida de US$ 185 bilhões, que o governo terá que ajudar a administrar. Tudo isto está repercutindo não só na economia chinesa, mas, por seu próprio porte e influência, também nas demais economias mundiais, que, em maior ou menor grau, dependem da China”, argumentam.

Um dos sinais diretos sobre o setor de soja foi dado nesta semana: “As plantas chinesas de esmagamento de soja em Tianjin e Jiangsu foram fechadas devido à oferta restrita de carvão e às metas de emissões mais rígidas da RPC. A planta da Louis Dreyfus em Tianjin tem capacidade de 25k T / dia e permanecerá offline até outubro, pelo menos”, aponta a TF.

“Nada muito grande, nada muito decisivo, mas é mais um fator que vem se somar à redução da demanda no Brasil e nos EUA por óleo de soja para a produção de biocombustíveis, que poderá acentuar a queda nas cotações em Chicago a médio e longo prazos. Bom ficar atento”, recomendam os especialistas da Consultoria.

Por: Leonardo Gottems | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.