Curso capacita técnicos em ILPF no Maranhão

Com o objetivo de apresentar o sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e as recomendações técnicas para introdução dessa tecnologia na região Meio-Norte, profissionais de assistência técnica (ATER) dos estados do Piauí e Maranhão participaram no período de 31 de maio a 02 de junho de 2017 do curso sobre o Sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), realizado em Balsas e São Raimundo das Mangabeiras – MA.


O curso, com carga horária de 24 horas, contou, ainda, com a participação de consultores técnicos de empresas privadas e/ou autônomos, projetistas de escritórios de projetos, técnicos de bancos e técnicos de fazendas dos dois estados.

Foram apresentadas informações sobre os seguintes temas: Sistema de ILPF desenvolvido nas Unidades de Referências de Tecnologias (URTs) da região incluindo: Conceito, benefícios, sistemas validados, coeficientes técnicos, custo de produção, resultados, impactos econômicos, oportunidade, planejamento, estrutura na fazenda, barreiras para adoção e Plano ABC e Fixação Biológica de Nitrogênio.

Sobre o componente agrícola em sistemas de ILPF, os conteúdos foram divididos em Agricultura em sistema convencional x sistemas integrados, culturas de grãos em rotação, consorciação e sucessão; Arranjo espacial da componente árvore, práticas silviculturais, destinação e mercado de produtos madeireiros e Fixação biológica de nitrogênio.

 

No componente agrícola em sistemas de ILPF foi apresentada a agricultura em sistema convencional x sistemas integrados, culturas de grãos em rotação, consorciação e sucessão e no componente florestal apresentou-se o arranjo espacial de árvore, práticas silviculturais, destinação e mercado de produtos madeireiros.

Em relação ao componente pecuário em sistemas de ILPF, foram apresentadas informações sobre Formação de pasto para utilização em pastejo na entressafra e palhada para plantio direto; Conservação de forragem (Silagem e Fenação); Forrageiras utilizadas no Sistema ILPF; Manejo de pastagem; Cruzamento entre raças tropicalmente adaptadas para a produção de carne no Matopiba e Emissão de metano entérico de bovinos no Sistema ILPF.

 

 

Os benefícios para o solo também fizeram parte da programação, com destaque para a adequação física e química da área, manejo convencional e plantio direto na palha, manejo da fertilidade e contribuição da ILPF para agricultura com sequestro e estoque de carbono no solo e baixa emissão de gases de efeito estufa.

A capacitação foi uma realização das Unidades da Embrapa Meio-Norte e Cocais e da Agropecuária Santa Luzia. A parte teórica foi ministrada em Balsas – MA. Já a prática foi apresentada na Agropecuária Santa Luzia, em São Raimundo das Mangabeiras, no dia 02 de junho, durante dia de campo.

Fonte: Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.