Desvalorização das cotações de milho deve continuar

Desvalorização das cotações de milho deve continuar
Imagem: Pixabay

Diversos fatores deverão marcar a semana no mercado, impactando as cotações de milho. Um desses fatores é o conflito geopolítico que envolve a Rússia e a Ucrânia. Embora tenha havido uma certa “normalização” nesse conflito após os ataques entre os dois países, qualquer nova movimentação nessas regiões pode aumentar a volatilidade dos preços do milho em Chicago.

Além disso, a preocupação com as condições climáticas continua a influenciar o mercado de milho. Após uma semana com poucas chuvas e altas temperaturas, a previsão é que essas condições climáticas se mantenham, o que aumenta a preocupação com a produção de milho.

É importante observar a qualidade das lavouras norte-americanas. Devido às chuvas irregulares e às altas temperaturas, espera-se que a qualidade das lavouras classificadas como boas/excelentes diminua ainda mais nesta semana.


Perspectivas para as Exportações e a Colheita de Milho no Brasil

As exportações brasileiras de milho também estão no radar dos investidores. Embora o Secex não atualize oficialmente, espera-se que as exportações de milho se aqueçam em setembro, podendo superar as 6,42 milhões de toneladas de 2022.

No Brasil, as previsões climáticas indicam a presença de chuvas em várias regiões do país. Isso pode afetar o ritmo da colheita, mas não há preocupações excessivas neste momento.

Segundo o especialista, a tendência é que as cotações do milho continuem a se desvalorizar. Isso se deve principalmente à evolução da colheita no Brasil, que está em pleno andamento. A oferta crescente de milho no mercado pode pressionar os preços para baixo.

Em resumo, uma combinação de fatores influenciará o mercado de milho esta semana, incluindo o conflito geopolítico, as condições climáticas, a qualidade das lavouras, as exportações brasileiras e a evolução da colheita. Os investidores devem ficar atentos a esses elementos para tomar decisões informadas sobre suas posições no mercado de milho.

Fonte: Seane Lennon | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.