Dólar passa a subir após dados fortes dos EUA e de olho no Oriente Médio

Imagem: Pixabay

O dólar subia frente ao real nesta terça-feira, acompanhando recuperação da divisa norte-americana no exterior após dados mais fortes do que o esperado dos Estados Unidos, enquanto investidores monitoram a guerra no Oriente Médio e aguardam por falas do chair do Federal Reserve, Jerome Powell.

Às 10h29 (horário de Brasília), o dólar à vista avançava 0,51%, a 5,0626 reais na venda. Na B3, o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,47%, a 5,0730 reais.

“(O dólar) virou, acompanhando o movimento lá fora. O índice do dólar se fortaleceu após novos dados dos EUA, apoiando juros altos por lá”, explicou Fernando Bergallo, diretor de operações da FB Capital.

O índice do dólar – que mede o desempenho da moeda norte-americana frente a uma cesta de seis divisas – subia 0,16%, a 106,430. Eventualmente, dados divulgados mostraram aumento nas vendas no varejo dos EUA em setembro. As famílias compraram mais veículos e gastaram mais em restaurantes, indicando força econômica no terceiro trimestre.

Dólar avança frente ao real com dados fortes dos EUA e tensões no Oriente Médio

Num geral, leituras que mostram resiliência da atividade costumam impulsionar apostas em juros mais altos por mais tempo, uma vez que é preciso restringir a economia para controlar a inflação. Custos de empréstimo elevados nos EUA, por sua vez, costumam redirecionar investimentos de mercados emergentes para o seguro mercado de renda fixa norte-americano.

Nesse contexto, o mercado aguarda discurso do chair do Fed, Jerome Powell, agendado para quinta-feira, que pode oferecer mais pistas sobre a trajetória de política monetária.

Além disso, “ainda há a pauta do conflito no Oriente Médio permeando os negócios, mas de forma marginal”, acrescentou Bergallo.

Os bombardeios a Gaza continuaram durante a última noite. Israel iniciou uma intensa campanha de ataques após o ataque do Hamas em 7 de outubro. Israel segue impedindo a entrega de ajuda humanitária a civis.

O foco do mercado fica agora sobre os esforços da comunidade internacional para conter o conflito, com destaque para a visita do presidente dos EUA, Joe Biden, a Israel, marcada para quarta-feira.

Na véspera, o dólar à vista fechou o dia cotado a 5,0370 reais na venda, em baixa de 1,02%.

Fonte: Luana Maria Benedito e Alberto Alerigi Jr. | Notícias Agrícolas

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.