Dólar deve ficar em R$ 3,90 ano que vem


De acordo com o Rabobank, o Dólar norte-americano deve fechar este ano em R$ 4,00, para então começar a retroceder até o patamar de R$ 3,90 no final de 2020. É o que aponta o estudo “Perspectivas para o agronegócio brasileiro 2020”, divulgado essa semana pela instituição financeira especializada nesse segmento.

“Quanto à taxa de câmbio, em meio a desafios locais (riscos de prosseguimento das reformas) e um contexto global desfavorável (e.g. desaceleração econômica, tensões comerciais), projetamos uma taxa cambial de 4,00 por dólar ao final deste ano e 3,90 por dólar ao final de 2020”, aponta o relatório do Rabobank.

De acordo com essa análise, a desaceleração mais acentuada nas principais economias do mundo, além de eventual agravamento nas tensões comerciais ‘sino americanas’ ou até retrocesso no que se refere à pauta de reformas fiscais no Brasil, podem desvalorizar o Real perante o Dólar. 

Por outro lado, ressalta o banco, surpresas positivas em relação à tramitação dos ajustes macroeconômicos, fluxos de entrada de recursos em função das novas concessões e privatizações, e a retomada do afrouxamento monetário por parte dos bancos centrais das principais economias, podem valorizar o Real perante o Dólar.

PIB

Supondo uma volatilidade moderada nas condições financeiras e o avanço das reformas necessárias, diz o banco, é projetado um crescimento do PIB de 0,9% em 2019: “O que daria continuidade ao quadro atual de recuperação gradual da atividade econômica, do emprego e do consumo. Para a taxa básica de juros (Selic), projetamos o fim do ciclo de afrouxamento em 4%, em meados de 2020. Acreditamos que a inflação se elevará de 3,3% este ano para 3,8% no próximo ano, permanecendo ainda abaixo da meta central do BC (4,25% em 2019 e 4,00% em 2020)”.

Segundo a instituição financeira, “somente o controle do crescimento dos gastos obrigatórios com aposentadorias não é suficiente para garantir uma trajetória sustentável para a dívida pública no curto prazo. Outras medidas fiscais, como a reforma administrativa e a criação de mecanismos de ajustes de despesas obrigatórias em situações de emergência fiscal, por exemplo, são de igual importância e já estão sendo endereçadas pela equipe econômica”. 

“A aprovação da reforma da previdência com margem confortável de votos nas duas casas pode ser um bom agouro, uma vez que parece explicitar a convergência do Executivo e Legislativo em torno da urgência da situação fiscal. Além disso, a atual administração parece compreender a necessidade de atacar em paralelo outros gargalos da economia brasileira. A independência formal do banco central, o avanço em privatizações e concessões, a reforma tributária, a simplificação das regulações, melhora do ambiente de negócios e o desbravamento do comércio exterior via novos acordos comerciais são exemplos de como ainda há muito a ser feito”, aponta o Rabobank.

“Em caso de retrocesso ou frustrações na continuidade dos ajustes, o otimismo atual do mercado tende a se reverter, levando a piores condições de mercado e expectativas econômicas. Os impactos financeiros poderiam ser sentidos a qualquer momento, dependendo do grau de paciência dos investidores e das condições financeiras globais”, conclui em seu estudo.

Source: agrolink

Facebook
twitter
LinkedIn

Aboissa supports

Stay up to date with news
and the best opportunities in
agribusiness – sign up now!

Asia

Saudi Arabia

Bangladesh

China

singapore

South Korea

United Arab Emirates

Philippines

India

Indonesia

Iraq

Jordan

Lebanon

Malaysia

Oman

qatar

Türkiye

Vietnam

Hong Kong

America

Argentina

Bolivia

Brazil

Canada

Chile

Colombia

Ecuador

U.S

Guatemala

british virgin islands

Mexico

Nicaragua

Panama

Paraguay

Peru

Uruguay

Suriname

Venezuela

Dominican Republic

Costa Rica

Africa

South Africa

Algeria

Cameroon

Costa do Marfim

Egypt

Liberia

Morocco

Sierra Leone

Sudan

Kenya

Tunisia

Mauricio Islands

Europe

Albania

Germany

Belgium

Bulgaria

Spain

Finland

France

England

Italy

Lithuania

Poland

Portugal

Russia

Türkiye

Serbia

Sweden

Switzerland

Ukraine

Cyprus

Estonia

Ireland

Romania

Oceania

Australia

New Zealand

Request a quote!

Fill out the form and get support for your business needs.
Our experts are ready to offer customized solutions.

*We are currently not working with intermediaries.

By providing my data, I agree with the Privacy Policy.