Ureia e suas aplicações

Artigos

A uréia é um composto orgânico, incolor e cristalino de fórmula (NH2)2CO, pertencente ao grupo das Amidas. 

Foi descoberta em 1773 por Hilaire Rouelle, mas só em 1828 foi sintetizada artificialmente por Friedrich Woehler, a partir do aquecimento do cianato de amônio.




Hoje o composto é produzido industrialmente a partir do CO2 e do NH3 e tem várias aplicações. Dentre as principais estão:

- Ureia Fertilizante

Melhora o rendimento dos cultivos, pois fornece uma alta concentração de nitrogênio para as plantas, o que auxilia na vitalidade e na continuidade do processo de desenvolvimento de maneira saudável, sem contar na alta absorção foliar que possui.


- Ureia Pecuária

Auxilia no ganho de peso dos bezerros e na produção de leite das vacas. Por ter baixo custo, se torna uma opção de fonte de nitrogênio não proteica viável para os bovinos e é também altamente solúvel no rúmen.


- Ureia Técnica

É utilizada na fabricação de melanina, resinas sintéticas, plásticos diversos, impermeabilizantes, resinas ureia-formaldeído etc. Além de ser empregada na indústria farmacêutica, alimentícia e de cosméticos, como por exemplo na produção de cremes hidratantes.


- Ureia Automotiva

É a matéria prima para a produção da ARLA 32, que atua na redução da emissão de Óxido de Nitrogênio [NOx] dos veículos movidos a diesel, gerados no processo de combustão.



Para mais informações sobre a uréia e todas as suas aplicações, converse com nossos especialistas clicando aqui.