Trump sinaliza que quer acordo de livre comércio com o Brasil

Em entrevista com jornalistas na Casa Branca, nesta terça-feira (30), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou da intenção de firmar um acordo de livre comércio entre Brasil e Estados Unidos. "O Brasil é um grande parceiro comercial. Eles nos cobram muitas tarifas, mas, fora isso, amamos a relação", disse Trump. 

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, que esteve em São Paulo (SP), nesta terça-feira (30), também afirmou que os Estados Unidos têm interesse em fechar um acordo de livre comércio com o Brasil. No entanto, de acordo com a “Agência Brasil”, ele ponderou que muitas etapas de negociação comercial ainda precisam ser cumpridas, e não quis estimar o tempo necessário para que o acordo possa ser fechado.

“Muitos componentes são necessários [para se chegar ao acordo]. No entanto, nunca concluímos o tratado de investimento bilateral entre o Brasil e EUA, que seria um precursor lógico de qualquer tipo de Acordo de Livre Comércio. Há muitas coisas no diálogo comercial que precisam ser feitas”, disse em entrevista coletiva após participar de evento, em São Paulo, na Amcham Brasil.

Ross destacou ainda que para o acordo comercial entre o Brasil e os EUA avançar é necessário que os termos do tratado do Mercosul com a União Europeia não criem obstáculos. “É importante que nada no acordo entre Mercosul e União Europeia seja um impedimento para um acordo de livre comércio do Brasil com os Estados Unidos. É importante evitar obstáculos que, inadvertidamente, possam aparecer na transação do Mercosul com a União Europeia”, disse. Ross tem encontro marcado nesta quarta-feira (31), em Brasília, com o ministro da Economia Paulo Guedes. 




Postagem: Marina Carvejani
Autor: DATAGRO
Fonte: DATAGRO