Enquanto ISSO não acontecer, o milho não sobe


Imagem: Pixabay


Cotação do cereal vem andando de lado na Bolsa e nos mercados físicos.

Os preços no mercado brasileiro de milho seguem pressionados em função de uma sobra de cinco milhões de toneladas (MT) no saldo de exportações. “Até o momento o Brasil exportou cerca de 37,2 MT, contra uma expectativa de 42MT até o fim do ano comercial. Enquanto esta diferença de 5 MT não for exportada, vai sobrar no mercado interno, impedindo uma alta maior dos preços”, aponta a Consultoria TF Agroeconômica.

{module Form RD}

Mesmo assim, ressaltam eles, os preços pagos aos produtores subiram cerca de 1,34% no Paraná e em Santa Catarina: “No Rio Grande do Sul, onde são os mais altos do Brasil, permaneceram inalterados. Na B3, contudo, recuaram 0,50% neste mês de dezembro até o momento e no acompanhamento do Cepea, tiveram uma valorização de apenas 0,28% no mês”.

FATORES QUE AFETAM O MILHO HOJE, segundo a TF:

a) Base nacional de milho, nos EUA, continua a mais forte em 20 anos;
b) Seca continua na Argentina e no sul do Brasil;
c) Estima-se que 9 milhões de toneladas de milho ainda estejam nos campos da Ucrânia;
d) Fala-se em recessão suave no 1o trimestre devido a juros mais altos, o que pode impactar a demanda por alimentos e combustíveis;
b) A Bolsa de Cereais de Buenos Aires disse que o plantio de milho na Argentina está 43% completo, com a safra classificada em (somente) 18% de boa a excelente.

FUNDOS APOSTAM NA ALTA

Ainda de acordo com a TF, o relatório semanal do CoT mostrou que os fundos tinham 127.106 contratos líquidos comprados em 13 de dezembro: “Esse é o volume de contratos líquidos longos de 6.893 contratos a mais durante a semana devido à cobertura vendida. Traders comerciais de milho fecharam outros 33 mil hedges de venda, reduzindo sua venda líquida em 11 mil para 367.770 contratos”.

Fonte: Leonardo Gottems | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.