Entregas de fertilizantes recuaram 10,4% em 2022



Imagem: Pixabay


No entanto, segundo a Anda, volume ofertado atendeu plenamente o mercado nacional.

Apesar das dificuldades de compra e logística provocadas pela guerra entre Rússia e Ucrânia, dois fornecedores importantes dos insumos, as entregas de fertilizantes ao mercado brasileiro em 2022, mesmo com queda de 10,4% em relação a 2021, atenderam plenamente ao mercado. Foram 41,07 milhões de toneladas, ante 45,85 milhões no ano anterior. As informações são da Associação Nacional de Difusão de Adubos (ANDA), cujo diretor-executivo, Ricardo Tortorella, lembra que “nosso país importa 85% do total que consome”.

{module Form RD}

Os dados referentes às entregas somente em dezembro de 2022 registram crescimento de 1,4% em relação ao mesmo mês de 2021. Foram 3,36 milhões de toneladas, ante 3,31 milhões.

O estado de Mato Grosso, líder nas entregas ao mercado, concentra o maior volume em 2022 (24,4%), atingindo 10,02 milhões de toneladas, seguido de Goiás, com 4,63 milhões, Rio Grande do Sul (4,32 milhões), Paraná (4,20 milhões), São Paulo (4,17 milhões) e Minas Gerais (3,88 milhões).

A produção nacional de fertilizantes intermediários encerrou o mês de dezembro de 2022 com 605 mil toneladas, representando queda de 13,3%. No acumulado de janeiro a dezembro de 2022, a produção total foi de 7,45 milhões de toneladas, com crescimento de 3,3% em relação ao mesmo período de 2021, quando foram fabricadas 7,21 milhões de toneladas.

As importações de fertilizantes intermediários alcançaram no mês de dezembro de 2022 a quantidade de 2,07 milhões de toneladas, indicando redução de 42,2%. No acumulado de janeiro a dezembro de 2022, o total importado foi de 34,60 milhões de toneladas, com redução de 11,8% em relação ao mesmo período de 2021, quando se registraram 39,25 milhões de toneladas.

Pelo Porto de Paranaguá, a principal porta de entrada dos fertilizantes, foram importadas 9,42 milhões de toneladas, indicando redução de 14,3% em relação a 2021, quando foram descarregadas 11 milhões de toneladas. O terminal representou 27,2% do total importado por todos os portos.

Fonte: Siacesp/COMEX STAT | Datagro

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.