Dia de campo apresenta agricultura de precisão para grãos no SEALBA

A Embrapa e parceiros de pesquisa e desenvolvimento promoveram na terça-feira (22) um dia de campo para apresentar as mais recentes e avançadas soluções tecnológicas para agregar valor à cadeia produtiva de grãos na fronteira agrícola que engloba Sergipe, Alagoas e Bahia (SEALBA).

 

Cerca de 130 pessoas, entre produtores, engenheiros-agrônomos, assistentes técnicos e extensionistas, professores e alunos de ciências agrárias e agentes públicos municipais, estaduais e federais compareceram ao evento, realizado no Campo Experimental Jorge Sobral, em Nossa Senhora das Dores, Médio Sertão Sergipano.

Para ver a galeria completa de imagens do evento na rede social Flickr, clique aqui.

A atividade compreendeu estações tecnológicas apresentadas pela Embrapa e as empresas parceiras no projeto de pesquisa coordenado pelo pesquisador da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE), Edson Patto – Syngenta, Yara, Tecnoparts e Invento Geosoluções – esta última incubada no Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec).

 

 

Tecnologias

Os visitantes viram apresentações e tiraram dúvidas sobre as tecnologias trabalhadas por cada organização parceira da pesquisa. A Syngenta apresentou ‘Biotecnologia e sistema de produção de milho’, mostrando o potencial agronômico de suas cultivares no campo. A Yara falou sobre seus ‘Programas nutricionais’, apresentando a sua gama de fertilizantes mais avançada para a cultura do milho.

A Invento Geosoluções exibiu drones e aeronaves não tripuladas de asa fixa, com o tema ‘Geotecnologias aplicadas à agricultura de precisão. Os agentes da empresa demonstraram tecnologias como a que ajusta equações para recomendação em tempo real de doses de nitrogênio em função do NDVI (Normalized Difference Vegetation Index, em inglês), obtido por meio de imagens aéreas com câmeras multiespectrais e outros tipos de sensores.

 

 

 

Dentro do tema ‘Sensores ópticos: aplicação de taxa variável’, a Tecnoparts levou ao campo equipamentos de precisão para análise de solo e aplicação de alta precisão de nutrientes como o nitrogênio nas doses exatas e nos locais onde há necessidade.

A Embrapa apresentou ‘Alternativas para formação de cobertura morta no Sistema de Plantio Direto’, com uso de sistemas integrados com pastagem e outras alterativas.

Resultados

O chefe-geral da Embrapa Tabuleiros Costeiros, Manoel Moacir Macedo, ressaltou  a importância das instituições públicas e privadas atuarem em parceria para o avanço do conhecimento no meio agrícola e em todas as outras áreas. “Essa articulação de pesquisa é extremamente importante, bem como a sua divulgação por meio de eventos como este dia de campo. Se tudo correr dentro do planejado, estaremos apresentando os primeiros resultados da colheita em dezembro, num grande evento em Aracaju”, adiantou.

Para Edson Patto, o evento excedeu todas as expectativas, e demonstra o grande potencial para desenvolvimento e aplicação de tecnologias de ponta nas culturas de grãos como milho e soja na região do SEALBA, que tem grande potencial agrícola.

“Dispondo de soluções tecnológicas avançadas para uma agricultura de precisão na região, garantindo diagnósticos precisos, aumentando a eficiência no uso de insumos e fortalecendo a sustentabilidade da produção, aliada à sua grande vocação para agricultura, os produtores poderão ter mais ganhos de produtividade e renda”, afirmou.

Fonte: Agrolink