Soja tem leve recuperação de preço

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (04.10) alta de 3,00 centavos de Dólar no contrato de Novembro/17, fechando em US$ 9,5825 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 2,75 e 3,00 pontos.

 

O mercado norte-americano da soja recuperou teve um dia de leves ganhos nas principais cotações dos futuros, recuperando as perdas registradas no dia anterior. Na falta de novidades que ditem o viés dos negócios, as movimentações são eminentemente técnicas, com os fundos de investimento recompondo posições.

 

 

 

“O mercado aqui em Chicago hoje operou de maneira mista para as commodities agrícolas. Com algumas operando em baixa enquanto que outras fecharam em alta. A soja-novembro encontrou suporte na média móvel de 100 dias e dificilmente irá quebrar este patamar, sem a pressão de alguma novidade baixista”, aponta a Consultoria AgResource. 

 

 

De acordo com esses analistas, os relatos de produtividade mostram que os talhões da soja plantados mais tarde, e que começam a ser colhidos agora, apresentam uma diminuição de produtividade mais evidente: “As estiagens foram um problema observado durante a definição de vagens no oeste do Cinturão e durante o enchimento de grão no leste do Cinturão. Uma safra perfeita não foi definida, como no ano passado. A AgResource também alerta que os operadores chineses do mercado voltam com mais intensidade já nos próximos dias, com o encerramento dos feriados sazonais na Ásia. Nossos contatos na China afirmam que uma nova rodada agressiva de compras de soja deverá ser observada em meados de outubro”.

Fonte: Agrolink