Frango: Cepea informa dados do mês de outubro

Posted by Marina

Os preços dos principais produtos de origem avícola apresentaram movimentos distintos no correr de outubro. As cotações de cortes como asa, drumet e coração registraram altas expressivas no mês, devido ao aumento da procura chinesa e ao incremento nas vendas internas. Já em relação a produtos como peito e filé de peito, a liquidez esteve reduzida no mercado interno, resultando em queda nas cotações.

No atacado da Grande São Paulo, a asa de frango congelada teve média de R$ 7,66/kg em outubro, alta de 9,8% frente à de setembro. O coração e o drumet, ambos congelados, na mesma comparação, foram cotados a R$ 11,06/kg e a R$ 7,28/kg, respectivamente, aumentos de 3% e 4,8%. Por outro lado, no mesmo período, o filé de peito congelado se desvalorizou 5,6% de setembro para outubro, a R$ 7,55/kg.

Quanto às exportações de carne de frango in natura, totalizaram 312,04 mil toneladas, aumento de 4% frente a setembro, de acordo com a Secex. Para o frango vivo, o mercado permaneceu com poucas alterações e já acumula quatro meses de estabilidade nos preços. Na região da Grande São Paulo, o animal teve preço médio de R$ 3,26/kg em outubro, leve alta de 0,4% frente ao mês anterior.

Diante da estabilidade de preços no mercado do vivo e da alta nos preços dos principias insumos da atividade, milho e farelo de soja, houve redução no poder de compra do avicultor em outubro. Na média do mês, a saca de 60 kg de milho foi cotada a R$ 40,85, aumento de 10,3% frente a setembro, enquanto a tonelada do farelo de soja teve média de R$ 1.239,16, alta de 1,5%, ambos na região de Campinas (SP). Dessa forma, foi possível ao avicultor do interior paulista a compra de 4,80 quilos do cereal, ou de 2,63 do derivado da soja, com a venda de um quilo de frango vivo, quantidades 8,9% e 1,1%, respectivamente, menores que as de setembro.




Fonte: Notícias Agrícolas