Fertilizantes vão seguir subindo?

Imagem: Pixabay

Nos últimos meses, o preço dos fertilizantes atravessa um momento de volatilidade, porém, em patamares elevados. É o que aponta o relatório trimestral RaboResearch Food and Agribusiness Q3, de Setembro 2021, ao destacar que o preço médio da ureia atingiu USD 471/tonelada em ago./21, 68% maior em comparação a 12 meses atrás.

“Fazendo a mesma analogia, nos últimos 12 meses, o MAP e KCl tiveram valorização de 116% e 188%, respectivamente. Entre outras razões, o aumento da demanda devido aos altos preços das commodities e incertezas na oferta foram essenciais para o encarecimento das cotações. Desde 2020, os elevados preços das commodities vem colaborando na demanda de fertilizantes”, explicam os analistas.

De acordo com eles, o recente aumento nos preços dos fertilizantes reduziram um pouco o poder de compra dos produtores e pode dificultar nas novas vendas, mas, nada que afete consideravelmente o mercado: “Em paralelo à demanda aquecida, incertezas na oferta global vem afetando as cotações de fertilizantes, especialmente para os fosfatados e potássicos”.

“No mercado de fosfatado, além do rearranjo entre fornecedores e compradores (após os EUA imporem barreiras tarifárias para empresas marroquinas e russas), na China, a tentativa do governo em garantir o suprimento interno e o retorno das inspeções ambientais podem limitar as exportações chinesas no 2S 2021”, destacam.

{module Form RD}

Já para os potássicos, diz o Rabobank, as tensões políticas entre União Europeia/Estados Unidos e Bielorrússia devem direcionar os preços no futuro: “Embora não acreditamos em novas sanções, o mercado ainda deve focar no assunto nos próximos meses. As importações brasileiras de fertilizantes vêm surpreendendo em 2021, indicando o bom momento da demanda. Entre janeiro a agosto 2021, foram importadas 24,5 milhões de toneladas, 17% acima que o mesmo período em 2020”.

Neste contexto, o Rabobank projeta a demanda brasileira de fertilizantes em 44 milhões de toneladas para 2021, um aumento de 8,4% em relação a 2020. O volume poderia ser ainda maior, mas, problemas logísticos (frete marítimo global e circulação interna de caminhões) ainda geram incertezas com relação à entrega de produtos, especialmente para o último trimestre de 2021.

Como “Pontos de Atenção”, a instituição financeira especializada em agronegócio destaca:
  • O mercado global de fretes marítimos passa por um momento desafiador, refletindo em altos preços e atrasos. O problema é mais preocupante para fretes conteinerizados, fato que pode trazer
    reflexos na disponibilidade de defensivos (como glifosato e dissecantes) a partir do último trimestre de 2021;

  • O Rabobank espera que as cotações de fertilizantes se mantenham firmes, pelo menos até o final de 2021, suportados pela forte demanda e altos preços das commodities.

Por: Leonardo Gottems | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.