Global Agribusiness Forum 22 se consolida como um dos principais encontros mundiais do agrónegocio


Imagem: Jorge Metne

Maior edição da história do GAF reuniu autoridades para debates sobre segurança alimentar, mudanças climáticas e sustentabilidade

O Global Agribusiness Forum (GAF) finaliza sua quinta edição com um olhar atento aos próximos passos do setor para garantir um futuro sustentável para toda a cadeia produtiva, tendo em vista a segurança alimentar no mundo. O encontro contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, dos ministros Ciro Nogueira (Casa Civil), Marcos Montes (Agricultura), Joaquim Leite (Meio Ambiente), Paulo Guedes (Economia), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência), Fábio Faria (Comunicações), entre outras autoridades do primeiro escalão do executivo federal, bem como de ministros de outros países, embaixadores, parlamentares, dirigentes setoriais, produtores e empresários.

“O GAF é mais do que um evento, é um movimento em favor do desenvolvimento sustentável, e que neste ano tem como maior proposta discutir, de maneira urgente, os desafios e oportunidades globais relacionadas à segurança alimentar, sustentabilidade e mudanças climáticas”, ressaltou Sérgio Bortolozzo, presidente do GAF, que acrescentou: “o Brasil tem sido internacionalmente reconhecido como protagonista da segurança alimentar mundial e da geração de energia limpa e renovável, graças, em particular ao desenvolvimento de um modelo único de agricultura tropical”.


Imagem: Jorge Metne

Em sua fala na solenidade de abertura, o presidente da República, Jair Bolsonaro, destacou que o agronegócio brasileiro garante segurança alimentar para mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo. “Sem o Brasil, o mundo passa fome”, destacou o presidente.

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, destacou durante a sua participação, que os produtores rurais brasileiros já vêm utilizando boas práticas e existe o potencial de transformação de 60 a 70 milhões de hectares de pastagens degradadas em áreas produtivas no país. “O Brasil é um dos poucos países do mundo com condições de aumentar a produtividade e produzir mais alimentos nas próximas décadas para atender a demanda global, graças ao uso contínuo da tecnologia tropical”, afirmou Montes.

{module Form RD}

Abordando temas como o desafio da produção sustentável em tempos de conflito, novas demandas do consumidor, segurança alimentar e do alimento, integração logística, acesso a mercados e big data, o GAF 2022 contou com 135 palestrantes de diferentes partes do mundo e 32 painéis em dois dias de evento, com um público presencial de mais de 2,5 mil pessoas e 10 mil acessos online, com alcance mundial.

O GAF é promovido, em conjunto, pela Sociedade Rural Brasileira (SRB), Associação dos Produtores de Milho do Brasil (Abramilho), Aliança Internacional do Milho (Maizall), Associação dos Criadores de Gado Zebu (ABCZ), Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), o Fórum Nacional Sucroenergético, União Nacional do Etanol de Milho (Unem) Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a consultoria agrícola independente, DATAGRO.

Fonte: DATAGRO

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.