Governo do Paraná e Incra liberam recursos para assentamentos

Assentamentos de Querência do Norte (região noroeste) que trabalham com a cultura do arroz foram beneficiados com a liberação nesta segunda-feira (20) da segunda parcela de convênio entre o Incra e Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento no valor R$ 1,68 milhão. São mais de 500 famílias da agricultura familiar assentados na região, que receberão equipamentos para parboilização de arroz.

Segundo o secretario Norberto Ortigara, este recurso complementa agora o total do convênio de R$ 4,14 milhões, destinados à reestruturação do beneficiamento e comercialização de arroz, com aquisição de máquinas e equipamentos para o complexo agroindustrial da Cadeia Produtiva do Arroz para a parboilização do cereal. “Este recurso vai contribuir, decisivamente, para que o parque industrial já instalado processe o arroz produzido pelos assentamentos de Querência do Norte”, destaca.

Para o diretor de Desenvolvimento de Projetos de Assentamentos, Ewerton Giovanni dos Santos, a segunda etapa da liberação de recursos deste convênio vem para viabilizar o acesso dos produtores ao mercado. Com a aquisição de um dos equipamentos mais importantes do sistema produtivo, que é a parboilização do arroz. “A reforma agrária, com todas as dificuldades que enfrenta do ponto de vista orçamentário, está conseguindo fazer chegar até o produtor um equipamento que vai agregar valor ao seu produto, abrindo as portas da comercialização para exportação de seu produto”, diz Ewerton.

FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR – Querência do Norte é a região onde se concentra a produção de arroz irrigado no Paraná. Para a prefeita Rozinei Raggiotto Oliveira, os benefícios da aquisição destes equipamentos serão enormes. “Os assentamentos movimentam a economia da cidade, e a possibilidade de agregar valor à produção é muito bem-vinda”, diz.

 

A cidade recebeu inúmeros assentamentos ao longo dos últimos 20 anos. No total são mais de 700 famílias que têm uma boa experiência em produção de laticínios e se destacam na produção de arroz.

Segundo Giovani Braum, presidente da Cooperativa de Comercialização e Reforma Agrária Avante, que representou os assentados na assinatura do convênio, os agricultores se dedicam cada vez mais a melhorar sua produção, e o apoio do governo é fundamental.

A Secretaria da Agricultura é responsável pela gestão do convênio, processo de licitação e aquisição dos equipamentos. Segundo Richardson de Souza, diretor de Desenvolvimento Agropecuário da secretaria, a contrapartida em recursos é de R$ 48.680,00. “Temos buscado sempre a eficiência nos processos licitatórios para encontrar bons fornecedores e preços competitivos”.

Estiveram presente à assinatura do convênio o deputado federal Fernando Francischini, responsável por uma intermediação que agilizou a assinatura desta segunda etapa do convênio; lideranças do MST, representantes dos assentamentos e o presidente do Emater, Rubens Ernesto Niederheitmann.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.