Importação de soja do Brasil pela China recua em junho com redução em margens de esmagamento


Imagem: Pixabay


As importações de soja do Brasil pela China recuaram em junho na comparação com igual período do ano anterior, mostraram dados alfandegários do país asiático nesta terça-feira, à medida que margens fracas de esmagamento pesaram sobre a demanda.

A China, maior compradora de soja do mundo, importou 10,48 milhões de toneladas da oleaginosa proveniente do Brasil –maior exportador global– no mês passado, leve queda em relação ao recorde de 10,51 milhões de toneladas registrado no mesmo mês de 2020, de acordo com os dados alfandegários.

As cifras ainda representam alta de 14% em relação aos 9,23 milhões de toneladas de maio, já que a demanda segue sustentada pela recuperação do rebanho de suínos da China, indicou a Administração Geral de Alfândegas.

No entanto, a redução nas margens de esmagamento afetaram parte da demanda no principal mercado de soja do mundo.

{module Form RD}

Os processadores chineses importam soja em grãos para transformá-la em farelo de soja, utilizado como ração para animais, e em óleo de soja para cozinha.

O apetite pela oleaginosa não foi tão grande quanto o esperado, uma vez que a queda nas margens da indústria de suínos pressionou a demanda por farelo de soja, principal fonte de proteína na ração animal.

A China, enquanto isso, também importou 54.806 toneladas de soja dos Estados Unidos, seu segundo maior fornecedor, em junho, queda de 80% em relação às 267.553 toneladas adquiridas em igual período do ano passado.

(Reportagem de Hallie Gu e Dominique Patton)

Fonte: Notícias Agrícolas

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.