Importações de óleo comestível pela Índia devem saltar para recorde em julho



Imagem: Pixabay


As importações de óleo comestível pela Índia em julho devem saltar para um recorde de 1,86 milhão de toneladas, volume quase 60% superior ao normal, já que as refinarias aumentaram as compras a fim de formar estoques para festivais em meio à incerteza sobre os suprimentos do Mar Negro, disseram comerciantes e inspetores de carga nesta terça-feira.

Compras mais elevadas do maior importador mundial de óleos vegetais podem ajudar a Malásia e a Indonésia a reduzir os estoques de óleo de palma e apoiar os contratos futuros de referência, que estão negociando perto do nível mais alto em 4 meses e meio.

{module Form RD}

O cenário também apoiaria os futuros da soja e ajudaria os principais países produtores de óleo de girassol do Mar Negro a reduzir os estoques.

Cerca de 1,5 milhão de toneladas de óleos comestíveis foram descarregadas em vários portos indianos nos primeiros 24 dias de julho e outras 386 mil toneladas devem ser descarregadas nos sete dias restantes, totalizando 1,86 milhão de toneladas, segundo estimativas médias dos revendedores e inspetores de carga.

As importações mensais médias de óleo comestível da Índia no ano comercial de 2021/22 foram de 1,17 milhão de toneladas, de acordo com o órgão comercial Associação de Extratores de Solventes da Índia (SEA). Em junho, a Índia importou 1,3 milhão de toneladas de óleos comestíveis.

“Os importadores estão mantendo um bom volume disponível devido à crise Rússia-Ucrânia e não querem ficar sem óleo de forma nenhuma”, disse Rajesh Patel, sócio-gerente da GGN Research, uma corretora e trader de óleo comestível.

Um acordo de um ano que permite a exportação segura de grãos ucranianos para o Mar Negro expirou na semana passada depois que a Rússia se retirou da iniciativa e alertou que não poderia garantir a segurança dos navios, em uma medida que a ONU disse que “daria um golpe nas pessoas necessitadas em todos os lugares”.

A região do Mar Negro é responsável por 60% da produção mundial de óleo de girassol e 76% das exportações.

Em 2022, os preços de todos os óleos comestíveis atingiram recordes depois que o fornecimento de óleo de girassol da região do Mar Negro foi interrompido após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

A melhora nas margens de refino também levou as refinarias a aumentar as compras antes da temporada festiva, quando a demanda geralmente aumenta, disse um negociante de Nova Délhi com uma trading global.

“As importações de julho estão extraordinariamente altas para todos os óleos comestíveis. Normalmente, quando as importações de óleo de palma aumentam, as importações de óleo de soja e de girassol diminuem e vice-versa. No entanto, este mês, as importações de todos os óleos comestíveis estão subindo”, disse ele.

Espera-se que as importações de óleo de palma em julho saltem 46% em relação ao mês anterior, para 1 milhão de toneladas, a maior em sete meses, de acordo com a estimativa média dos comerciantes.

As importações de óleo de girassol podem dobrar em relação ao mês anterior, para 385.000 toneladas, a maior em seis meses, enquanto as importações de óleo de soja podem subir para 475.000 toneladas, a maior em um ano, estimam os comerciantes.

A Índia compra óleo de palma principalmente da Indonésia, Malásia e Tailândia, enquanto importa óleo de soja e óleo de girassol da Argentina, Brasil, Rússia e Ucrânia.

Fonte: Rajendra Jadhav | Notícias Agrícolas

{module Leia Também}

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.