Importações de soja pela China em abril caem 10% com inspeção alfandegária mais rígida



Imagem: Pixabay


As importações de soja da China caíram 10% em abril em comparação com o ano anterior, mostraram dados alfandegários nesta terça-feira, depois que um processo de desembaraço mais rígido na alfândega atrasou o processamento das cargas.

O maior comprador mundial de soja trouxe 7,26 milhões de toneladas da oleaginosa no mês passado, significativamente abaixo das 9 milhões de toneladas esperadas pelos traders, com base nas programações de navios.

{module Form RD}

Analistas e traders atribuíram a queda aos novos procedimentos alfandegários que começaram em abril, atrasando o desembarque de cargas de soja por até duas semanas.

“A inspeção reforçada na alfândega continuou durante todo o mês de abril e isso resultou em importações menores do que o esperado”, disse Rosa Wang, analista da Shanghai JC Intelligence Co Ltd.

A soja é esmagada para produzir farelo de soja, rico em proteínas e um dos principais ingredientes da ração animal, e óleo de cozinha.

Os esmagadores intensificaram as compras de soja desde o final do ano passado para atender a uma esperada recuperação da demanda do setor pecuário da China.

Mas a alfândega chinesa começou em abril a exigir que os comerciantes esperassem o resultado das verificações de quarentena antes de receber a soja até duas semanas depois, de acordo com Wang Mingwei, analista da Dayue Futures.

A mudança não foi anunciada publicamente. A Administração Geral de Alfândega da China não pôde ser imediatamente contatada para comentar.

Os atrasos elevaram os preços à vista do farelo de soja na China, disse um trader de Pequim, com o preço no centro de moagem de Rizhao subindo 13% em abril, para 4.320 iuanes por tonelada.

Com a soja de abril atrasada até o desembarque de maio, as importações de maio devem voltar a níveis elevados, provavelmente entre 9 milhões e 10 milhões de toneladas, disse Wang.

As chegadas de soja nos primeiros quatro meses alcançaram 30,29 milhões de toneladas, um aumento de 6,8% em relação ao mesmo período de 2022, também mostraram os dados.

Fonte: Ningwei Qin e Dominique Patton | Notícias Agrícolas

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.