Índia deve importar recorde de óleo de soja

A Índia deve importar recorde de óleo comestível após falta de chuva impactar produção, segundo informou o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica. De acordo com ele, este movimento poderá fazer o preço do grão subir alguns centavos na CBOT, porque é uma demanda “não-China”. 

“As importações de óleo comestível da Índia devem subir 7,3% em 2019/20, para um nível recorde, após fracas chuvas de monções reduzirem a produtividade de plantios de verão como soja e amendoim, disse uma importante autoridade da indústria. As maiores compras pelo maior importador de óleo comestível do mundo poderiam sustentar os preços do óleo de palma, que estão sob pressão, devido à fraca demanda em meio a um aumento esperado na produção”, indicou ele. 

Além disso, o especialista diz também que o déficit na produção de oleaginosas forçará a Índia a importar até 16,1 milhões de toneladas de óleos comestíveis no novo ano comercial que começa em 1º de novembro, acima das 15 milhões de toneladas estimadas para este ano, disse Patel, que comercializa óleo comestível há mais de quatro décadas. “A precipitação foi escassa sobre as áreas de cultivo de oleaginosas. Isso reduzirá a produção de amendoim, soja e algodão”, disse Govindbhai Patel, diretor-gerente da empresa de pesquisa GG Patel & Nikhil Research Company. 

“O déficit na produção de oleaginosas forçará a Índia a importar até 16,1 milhões de toneladas de óleos comestíveis no novo ano comercial que começa em 1º de novembro, acima das 15 milhões de toneladas estimadas para este ano, disse Patel, que comercializa óleo comestível há mais de quatro décadas. A Índia importa mais de dois terços de suas necessidades de óleo comestível, ante um terço há duas décadas, uma vez que a produção local não conseguiu igualar a demanda crescente na terceira maior economia da Ásia. O óleo de palma representa cerca de dois terços do total das importações”, conclui Pacheco. 

Postagem: Marina Carvejani
Autor: Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários. *Estamos de férias coletivas e voltaremos às atividades dia 04/01/2024. Boas festas!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.