Na exportação de carne de frango, preços do Brasil evoluem menos que os dos EUA


Imagem: Pixabay


Dados da FAO comparando a evolução de preços dos EUA e do Brasil na exportação de carne de frango (produto in natura, exclusivamente) apontam que nos 10 anos transcorridos entre 2010 e 2019 os dois países registraram, em valores relativos, evolução muito similar.

Assim, embora boa parte do período tenha sido marcada por forte redução dos preços recebidos, Brasil e EUA chegaram a 2019 com, praticamente, a mesma paridade registrada em 2010, ano-base da análise.

Com a pandemia (2020) isso muda de figura. Em detrimento dos preços brasileiros. Pois enquanto o produto norte-americano sofreu redução anual de 1%, o do Brasil sofre queda de quase 13%.

E ainda que, a partir de janeiro de 2021, tenha ocorrido valorização constante dos preços brasileiros (acompanhada, inicialmente, também pelos EUA, mas interrompida a partir de maio passado), a paridade anterior não foi recuperada.

Em agosto passado os EUA registraram (em relação ao ano-base) preços cerca de 12% superiores, enquanto para os brasileiros a evolução não passou de 5%.

Notar, de toda forma, que a partir do segundo semestre de 2021 a carne de frango brasileira voltou a superar os valores registrados em 2010. Mas continua, pelo menos em dólar, mais barata que no quadriênio 2011/2014.

{module Form RD}

A propósito do dólar, é interessante observar que a pandemia, talvez, teve influência mínima na queda dos preços brasileiros de 2019 para 2020. Ou seja: a redução de preços parece estar atrelada, muito mais, à valorização, entre nós, da moeda americana, superior a 30%. E isso – como aponta o gráfico – puxou para baixo o Índice de preços da FAO para a carne de frango, em cuja formação os preços brasileiros têm maior participação.

Em outras palavras, o retrocesso do Índice FAO registrado em 2020 foi ocasionado, essencialmente, pela baixa de preços do Brasil, maior exportador mundial de carne de frango.

Clipping: Notícias Agrícolas | Fonte: Avisite

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.