Não há recomendação para fechamento de portos e aeroportos, diz Ministério

O Ministério da Infraestrutura voltou a afirmar hoje (20) que não há recomendação do governo federal para o fechamento da operação de aeroportos e portos.

Nos últimos dias aumentaram os rumores sobre o fechamento de aeroportos para conter a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Segundo o ministério, a única medida tomada no âmbito dos transportes é a de suspensão do transporte rodoviário internacional de passageiros.

“Não há, no momento, recomendação para fechar aeroportos; já no setor rodoviário, a única medida de suspensão é para o transporte internacional de passageiros”, disse o ministério.

Devido a rumores, diferentes agências reguladoras se manifestassem sobre a questão.Ontem (19), a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou um esclarecimento sobre a questão, afirmando que a decisão sobre fechamento de aeroporto é de competência da União, e que não há, neste momento, nenhuma recomendação neste sentido.

“Vale esclarecer, ainda, que a interdição de um aeroporto não é uma conduta indicada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) neste momento e pode prejudicar de forma irresponsável o deslocamento de pessoas, profissionais de saúde, vacinas, órgãos para transplante e até insumos para medicamentos para os estados brasileiros”, diz a nota da Anac.

Portos

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) também disse hoje (20) que não há determinação para o fechamento de portos no país e que os portos públicos (inclusive os delegados), privados e demais instalações portuárias, assim como as atividades de transporte aquaviário interestadual e internacional, permanecem em operação no país.

A agência disse que determinou às empresas que atendam às medidas de contenção da propagação do novo coronavírus e que o fechamento dos portos também não é indicado pela Anvisa.

“A completa suspensão desse serviço poderia prejudicar o acesso ao atendimento médico, o deslocamento de profissionais de saúde, o fornecimento de vacinas, de insumos e de medicamentos para os estados brasileiros”, disse a Antaq.

Transporte rodoviário

Já em relação ao transporte terrestre, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) disse que não há determinação para o fechamento de divisas entre os Estados como medida de reação à pandemia do novo Coronavírus e que o transporte interestadual de passageiros continua em operação. A exceção fica para o transporte internacional.

“Pela contingência que o país está atravessando, a agência flexibilizou a redução da frequência de horários, e suspendeu apenas o transporte internacional de passageiros, além de determinar que as empresas de transporte de passageiros façam o protocolo estabelecido de higienização dos veículos.”

Fonte: DATAGRO

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.