Novos lockdowns na China devem atrapalhar o comércio marítimo

Imagem: Pixabay


Nesta semana, o governo chinês decretou novos lockdowns com o objetivo de combater novas variantes da Covid-19.

No porto de Xangai, mais de 500 navios esperam para atracar por falta de mão de obra.

{module Form RD}

Hoje (12), o presidente da companhia marítima MSC do Brasil, Elber Justo, disse que as restrições atrapalharão os negócios. “A Covid, apesar de acharmos que ficou para trás, continuará impactando nosso negócio nos próximos meses” disse o executivo.

O café brasileiro, embarcado para o país asiático em contêineres e levado pelas rotas marítimas, tende a ser um dos produtos mais prejudicados.

Por: DATAGRO

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.