Petróleo WTI inverte sinal e registra leve baixa na tarde desta 5ª feira



Imagem: Pixabay


Bancos Centrais falam em novas elevações dos juros e mercado teme recessão global.

Às 13h08 (horário de Brasília) desta quinta-feira (16), o contrato de março do petróleo WTI na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex) recuava 0,22%, a US$ 78,42/barril. O acumulado semanal era de desvalorização de 1,63%.

{module Form RD}

O mercado apresentava maior aversão ao risco, como observado na alta de 0,13% do index (DXY) – índice que compara a força do dólar com as principais moedas mundiais.

A presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) de Cleveland, Loretta Mester, alertou que é necessário aumentar ainda mais os juros. “Nesta conjuntura […] precisaremos elevar a taxa dos fundos federais acima de 5% e mantê-la por algum tempo para ser suficientemente restritiva e garantir que a inflação esteja em um caminho sustentável de volta a 2%”, afirmou.

Dados do Departamento do Trabalho dos EUA indicam que a economia norte-americana segue robusta. O número de novos pedidos de auxílio-desemprego recuou para 194 mil na semana encerrada em 11 de fevereiro, ante 195 mil na semana anterior e expectativa do mercado de 200 mil.

Na Europa, o relatório mensal do Banco Central Europeu (BCE) reforçou a declaração da presidente da instituição, Christine Lagarde, sobre elevar as taxas de juros do bloco em 0,50 ponto percentual em março. “Manter os juros em níveis restritivos reduzirá com o tempo a inflação ao amortecer a demanda”, aponta a nota.

Fonte: Datagro

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.