Poucos movimentos registrados na soja do Centro-Oeste



Imagem: Pixabay


O Mato Grosso teve poucos movimentos registrados e alta amena em Lucas do Rio Verde.

O mercado da soja do estado do Rio Grande do Sul teve o último dia com preços imóveis, sem nada de negócios, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Como mencionado em relatórios anteriores, o mercado de soja no Mato Grosso do Sul tem apresentado oscilações, com pequenas quedas, altas simbólicas e manutenções, sem um movimento consistente. Há mais de um mês, os preços têm seguido essa tendência, embora às vezes variem por alguns dias, mas sempre retornando aos níveis anteriores”, comenta.

“Os preços de hoje mostram momento de imobilidade, mesmo que devesse ocorrer desvalorização se seguido a risca o que ocorreu no mercado internacional. O que ocorre é claro e se repete por todas as posições estudadas nesse relatório: a demanda interna impede que essa lógica se aplique corretamente. Nesse cenário, muitos produtores continuam não fixando preços e focados na colheita de outros grãos. Vamos aos valores de soja: Dourados a R$ 170,00. Campo Grande a R$ 170,00. Maracaju a R$ 169,00. Sidrolândia a R$ 168,00. Chapadão do Sul a R$ 167,00”, completa.

{module Form RD}

O Mato Grosso teve poucos movimentos registrados e alta amena em Lucas do Rio Verde. “Em geral, a estabilidade de preços no Estado de Mato Grosso tem se mantido, com pequenas divergências dependendo da região. A forte demanda tem conseguido manter os preços estáveis mesmo diante de pressões negativas. Embora o dólar tenha voltado a se desvalorizar e os subprodutos da soja tenham perdido levemente o valor nas cotações de Chicago, o mercado está respondendo à demanda com maior intensidade, impossibilitando que essas tendências tenham algum reflexo na região”, indica.

“Neste cenário, alguns produtores aproveitam o período pacífico para iniciar a colheita, que segue avançando de forma gradual. Os preços atuais são os seguintes: Campo Verde a R$ 170,00, Lucas do Rio Verde a R$ 150,80 (alta de R$ 1,30), Nova Mutum a R$ 150,00, Primavera do Leste a R$ 168,00 (perda de R$ 2,00), Rondonópolis a R$ 170,00 (sem alteração) e Sorriso a R$ 149,00”, conclui.

Fonte: Leonardo Gottems | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.