Preços altos do trigo vieram para ficar: entenda as consequências

Os preços das matérias-primas dos moinhos, não apenas do trigo, mas de todos os demais insumos, subiram muito neste ano e estes aumentos parecem ter vindo para ficar. É o que aponta a equipe de analistas da TF Agroeconômica, que projeta um inflação também nos preços das farinhas, “sob pena de quebra”.

“Pelo menos no que se refere ao trigo, as perspectivas são de preços firmes para todo o ano comercial, de modo que os compradores podem desistir do discurso de que ‘os preços irão cair na safra’”, explicam os especialistas. Isso porque está acontecendo justamente o contrário, já ultrapassaram os preços da safra velha tanto no Rio Grande do Sul quanto no Paraná, e tem grande chance de continuar subindo tão logo se esgote o trigo nacional, passando os moinhos a se abastecerem de trigo importado, cujos preços estão acima de R$ 1.700,00/tonelada CIF.

Continua depois do formulário
{module 442}

“Então, voltamos a dizer que, mesmo que seu preço médio de compra de trigo seja menor, a prudência administrativa manda que seus cálculos para estabelecer o preço das farinhas sejam feitos pelos custos de reposição e não pelo preço de aquisição anterior. E estes são consideravelmente maiores e tendem a subir daqui para frente, mesmo que, a curto prazo, possa haver um período em os preços se estabilizem”, recomendam os analistas.

“Acreditamos que os estoques da safra nacional, salvo raras exceções, não deverá ultrapassar o mês de fevereiro, no máximo começo de março, depois do que, os preços serão regidos pela média dos preços importados, que já estão acima de R$ 1.700,00/tonelada CIF”, conclui a TF.

Fonte: Agrolink

LEIA TAMBÉM:
{module 441}

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.