Preços mais firmes para o farelo de soja

Apesar da colheita em andamento nos Estados Unidos, a demanda mundial aquecida e as questões climáticas adversas na América do Sul neste início de temporada deram sustentação aos preços do grão e do farelo de soja.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na primeira quinzena de setembro, a tonelada do farelo ficou cotada, em média, em R$1.062,68, sem o frete, em São Paulo. Houve alta de 0,3% em relação ao fechamento de agosto último, mas ainda assim o farelo está custando 21,3% menos na comparação com setembro do ano passado.

 

 

Para o curto e médio prazos temos o avanço da colheita da soja nos Estados Unidos e o aumento do esmagamento como fatores de baixa sobre os preços do grão e do farelo no mercado internacional.

No entanto, a demanda mundial firme e as preocupações com o clima no Brasil, pontualmente, deverão seguir contrapondo o viés baixista.

Fonte: Agrolink