fbpx
USD/BRL:
PT | EN | ES |      

Exportações agrícolas latino-americanas cresceram 8,5%

por Marina

As exportações agrícolas dos países da América Latina cresceram 8,5% em abril, na comparação ano a ano, e espera-se que em maio a tendência de crescimento continue, em um cenário em que as exportações totais da região caíram 29,9%. “As exportações agrícolas de 14 países da América Latina e do Caribe aumentaram 8,5% em dólares em abril em relação ao ano anterior, no âmbito de uma queda profunda de 29,9% nas vendas externas totais”, observou o Instituto Interamericano de Agricultura e Cooperação (IICA).  

Enquanto isso, ele destacou que “os dados preliminares de maio ratificam essa tendência, indicando que a produção e o comércio de produtos agrícolas serão um dos motores da recuperação econômica da região”. Os países considerados para a estatística foram Argentina, Belize, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, México, Paraguai, Peru e Uruguai.  

Em maio, de acordo com dados preliminares disponíveis em sete países, a tendência em relação ao mês anterior foi mantida, com um aumento nas exportações agrícolas de 11,1%, enquanto a do total de bens diminuiu 15,7%. Os países que registraram o maior aumento de suas exportações agrícolas em abril foram Brasil (28,9%), Costa Rica (8,2%), Argentina (4,95%), Bolívia (4,9%) e Guatemala (4,7%), enquanto as exportações agrícolas do Peru e Uruguai caíram significativamente, contraindo 41,7% e 16,8%, respectivamente.  

Os produtos cujas exportações registraram o maior aumento em abril foram soja, açúcar, carne bovina e suína nos países do Mercosul, que se beneficiaram da demanda chinesa. 


Fonte: Agrolink

LEIA TAMBÉM: