fbpx
USD/BRL:
PT | EN | ES |      

China compra soja brasileira para embarque em 2021

por Marina

De acordo com informações da T&F Consultoria Agroeconômica, alguns crushers da China compraram soja da safra nova brasileira para embarque do 3º trimestre de 2021 em meio a margens mais apertadas. Nesse cenário, os importadores estatais estavam novamente ausentes nos Estados Unidos, enquanto alguns industriais privados estavam verificando os preços da soja brasileira de 2021. 

“Os prêmios para a soja dos EUA no Golfo e do Noroeste do Pacífico em uma base CFR China se fortaleceram ligeiramente no dia. O embarque de novembro do Golfo foi oferecido em torno de 225-226 c/bu sobre os futuros de novembro e os níveis negociáveis foram indicados em torno de 220 c/bu sobre os mesmos futuros. O mesmo envio da PNW foi oferecido a 206 c/bu sobre os futuros de novembro contra o último nível negociado em 203 c/bu sobre os futuros de novembro”, informa. 



Além disso, o indicador CFR China para envio de soja brasileira em outubro subiu 1 c/bu para 242 c/bu em relação aos futuros de novembro, o que equivale a US$ 437/mt, alta de US$ 9,25/t. “Para a nova safra brasileira de 2021, pelo menos uma carga foi negociada para julho de 2021 com embarque a 140 c/bu sobre os futuros de julho na CFR China”, completa. 

“Na China, o renminbi chinês se fortaleceu ainda mais na sexta-feira, atingindo o nível mais forte em sete meses, a CNY6,86 por dólar americano. Os futuros domésticos de farelo de soja e óleo de soja perseguiram os futuros da soja CBOT para o lado positivo, aumentando as margens de esmagamento na sexta-feira. Os futuros de farelo de soja mais líquidos em Dalian ganharam 0,51%, para CNY2.937/mt (US$ 428,13/mt) e os futuros de óleo de soja mais ativos saltaram 2,12%, para CNY6.648/mt (US$ 969,1/mt) em 1500 horários de Pequim”, conclui. 


Fonte: Agrolink

LEIA TAMBÉM: