fbpx
USD/BRL:
PT | EN | ES |      

Safra de amendoim será 13,4% maior

por Eduardo Moreno

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 


Imagem: Freepik


A estimativa da produção total do amendoim, na atual safra, é de 677 mil toneladas, 13,4% maior que a safra anterior, principalmente em decorrência do aumento da área plantada, conforme a previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Em Mato Grosso do Sul, o cultivo está apresentando acréscimo de 150% de área, principalmente pela vinda de empresas de São Paulo em busca de parcerias com as usinas de cana-de-açúcar na renovação de canaviais e com pecuaristas na recuperação de pastagens degradadas. Há também a chegada de cooperativa especializada na produção desta oleaginosa e que está estimulando produtores de sua região de atuação.



Estima-se também um aumento de 150% na produção em relação ao ano anterior, a qual está concentrada em municípios próximos à divisa com São Paulo, que apresentam textura de solo mista. Destaca-se Cassilândia, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Angélica. Quase toda a área está semeada, restando alguns talhões que estão em preparo de solo, visto que 50% se encontra em desenvolvimento vegetativo e o restante, 50%, já iniciou a floração. As pulverizações para controle de lagarta e percevejos, bem como a aplicação de fungicidas estão sendo realizadas conforme necessário.

No Paraná, com um clima mais chuvoso, boa parte das lavouras foram plantadas ainda em outubro. Apesar do clima mais seco em novembro, o plantio continuou e atingiu 88% das áreas plantadas no final de novembro. Em relação às condições das lavouras, mais de 95% das áreas plantadas estão boas. As lavouras estão em variados estádios de crescimento e desenvolvimento. A cultura do amendoim é de pouca importância no estado, cuja produção é para subsistência ou para vendas locais e para fábricas de doces.

Em São Paulo, a plantação de amendoim durante a entressafra da canade-açúcar é uma opção bastante utilizada. Esse produto permite a recuperação do solo por meio da fixação de nitrogênio e, inclusive, reduz os custos de produção da cana-de-açúcar, que é a cultura principal. No estado paulista existem áreas agrícolas propícias para o cultivo de amendoim, principalmente nas duas regiões conhecidas como Alta Paulista e Alta Mogiana, compreendidas por cidades como: Tupã, Marília, Dumont, Ribeirão Preto, Jaboticabal e Sertãozinho, onde a produção é mais expressiva em volume. Observa-se uma retomada nesta safra do plantio de amendoim em várias regiões do estado devido aos preços praticados, que estão atraentes. A cultura está totalmente semeada, e os estádios predominantes são germinação e desenvolvimento vegetativo.

Detectou-se neste levantamento um aumento considerável da área plantada, principalmente na região de Tupã, onde existe indústria processadora do produto. Os produtores desta região começam a cultivar o amendoim como atividade principal. A cultivar predominante no estado é a Runner, e a unidade de comercialização é saca de 25 quilos.

Por: Eliza Maliszewski | Agrolink