Argentina: Syngenta lança tecnologia de tratamento de sementes de sorgo

De olho no grande mercado chinês, que abriu suas portas para o sorgo argentino no ano passado, a cultura deve se tornar uma das grandes apostas dos produtores daquele país. Em função dessa demanda, a Syngenta anunciou o lançamento de uma tecnologia que combina três tipos de tratamento para a semente de sorgo.

O primeiro tratamento é com o produto Concept III, um antídoto que protege o sorgo da fitotoxicidade de graminicidas (como Dual Gold o Bicep Pack, uma mistura de Gesaprim 90 e Dual Gold). Trata-se de proteger a planta contra resíduos destes herbicidas utilizados para controlar latifoliadas e gramíneas.

Em seguida é aplicado Maxim XL, que contém dois fungicidas sistêmicos combinados para o controle de doenças de semente, solo e armazenagem. Conjuntamente, o sorgo é tratado também com Cruiser 60bFS Sementeiro, um inseticida especialmente eficaz contra larvas que se alojam no solo (Diloboderus abderus; Dyscinetus gagates; Cyclocephala spp.).

Esse triplo tratamento profissional é realizado na origem, por sementeiros de sorgo, para garantir que a aplicação de doses exatas, através de um controle eletrônico e com produtos uniformemente distribuídos para conseguir uma cobertura homogênea. De acordo com a fabricante, somente assim é possível assegurar uma germinação e um desenvolvimento inicial para que o híbrido de sorgo possa demostrar todo seu potencial a campo.

 Fonte: Agrolink