Agropecuária pode voltar a levantar o PIB em 2017

O economista Alexandre Cabral, da NeoValue Investimentos, afirma que a queda de 6,6% no PIB do setor agropecuário em 2016 foi um resultado “surpreendentemente ruim”. No entanto, ele acredita que “no fim de 2017 esse número pode vir excelente, já que estamos com possibilidade de safra recorde (apesar de todos os problemas de escoamento, como destacou o Ministro da Agricultura)”.

 

“Em 2015, o setor tinha ido muito bem, com alta de 3,6%, ajudando demais o nosso PIB a não ter sido ainda pior que os -3,8% registrados. Mas o que aconteceu com o setor em 2016? Tivemos algumas áreas com queda grande na produção e na produtividade, como milho (-25,7%), cana de açúcar (-2,7%) e soja (-1,8%). Entre os motivos para esse desemprenho ruim, destacam-se os problemas climáticos, como seca e geadas no campo. Boa parte da segunda safra do milho, por exemplo, se perdeu por geada”, explicou o especialista em seu Blog Economia à vista.
 

Cabral ressalta que no último trimestre de 2016 já há indicativos de reversão de expectativas, com alta de 1,0% - contra 0,7% no mesmo período de 2015. “O que me preocupa é esse dólar a R$ 3,15. Se essa valorização grande que o real teve no ano passado continuar em 2017, pode acabar atrapalhando o aumento de receita do setor agropecuário. 

Agrolink