Cooperativas avaliam que área gaúcha do milho pode cair mais

Segundo a FecoAgro/RS, redução pode ainda chegar a 20% conforme dados das áreas técnicas das cooperativas agropecuárias

Os primeiros números divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a safra de grãos do Rio Grande do Sul, anunciados nesta terça-feira, 10 de outubro, espelham um alinhamento com a realidade do que está se projetando para o ciclo 2017/2018 para as culturas da soja e do milho. A avaliação é do presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), Paulo Pires.

Leia mais

Soja, milho e arroz representam mais de 90% da safra 2017

As safras da soja, do milho e do arroz devem totalizar mais de 226 milhões de toneladas, respondendo por 93,7% da produção agrícola brasileira em 2017: a soja com 47,5%; o milho, 41,1%; e o arroz com 5,1%. As informações são do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado hoje pelo IBGE.

Leia mais

Produtores americanos devem aumentar área de milho em 2018

Depois de recordes consecutivos de produção de soja nos Estados Unidos, os produtores norte-americanos estão dispostos agora a aumentar significativamente a área milho no ano que vem. É o que aponta uma estimativa do think tank FAPRI (Instituto de Pesquisa sobre Políticas de Agricultura e Alimentação, na sigla em inglês), da Universidade do Missouri. 

Para o chefe do think tank, Patt Westhoff, a equação é muito simples: “A perspectiva futura para o retorno [financeiro] do milho melhorou muito se comparado a soja”. A estimativa da instituição de pesquisa é de que a superfície de milho chegue a 37,3 milhões de hectares, o que seria 930 mil hectares a mais que na safra atual. Já a safra de soja cairia para 34,8 milhões de hectares – quase um milhão de hectares menos que agora em 2017. 

Leia mais

Soja fecha semana em alta nos EUA

preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na sexta-feira (06.10) alta de 4,00 centavos de Dólar no contrato de Novembro/17, fechando em US$ 9,7225 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 4,00 e 4,25 pontos.

Leia mais

Plantio de soja 2017/18 em MT está 10 p.p. abaixo de 2016/17, diz Imea

O plantio de soja da safra 2017/18 em Mato Grosso, principal produtor nacional da oleaginosa, alcançava 6,27 por cento da área até esta sexta-feira, avanço de 5,09 pontos percentuais na semana, segundo acompanhamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). A semeadura neste ano está 10,22 pontos percentuais abaixo daquela registrada em igual momento de 2016/17, ainda de acordo com o Imea, refletindo as preocupações dos produtores quanto à irregularidade nas chuvas em praticamente todo o país.

Leia mais

Investimentos globais podem migrar de ações para commodities

Depois de mais de quatro anos dos recordes, muitos investidores internacionais continuam evitando apostar em commodities, em função da baixa remuneração dos preços. Mais do que isso, o dinheiro desses investidores foram das commodities para as ações. Mas uma consultoria dos Estados Unidos sugere que o que vêm acontecendo nos últimos anos tende a mudar.

Leia mais

Conab aponta perspectivas para milho na safra 2017/18

A produção recorde de milho registrada na safra 2016/17, que resultou na queda dos preços e num estoque de passagem elevado, deverá ter reflexos na próxima safra. O cenário foi apresentado pelo gerente de Produtos Agropecuários da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Thomé Guth, durante o 1º Seminário Abimilho, realizado nesta quinta-feira (5), em Recife/PE.
Leia mais