Reunião entre China e Brasil para esclarecer caso de EEB atípica foi realizada, mas ainda há espera para retomar exportações de carne bovina



Imagem: Pixabay


Segundo o ministro do MAPA, Carlos Fávaro, em declaração ao Valor Econômico, a China não deve exigir uma comitiva brasileira na China para mais tratativas sobre o assunto.

Aguardada pelo setor pecuário, a reunião entre os governos do Brasil e da China para tratar do caso atípico de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB, ou mal da vaca louca), ocorreu na noite de terça-feira (7). De acordo com informações do Valor Econômico, o líder do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Carlos Fávaro, aponta que não há mais pendências, e que a rastreabilidade do caso, detectado em 22 de fevereiro em Marabá, no Pará, foi realizada, como rastreio de pai, mãe e irmãos do animal que adoeceu, se algum deles apresentou algum sintoma da doença.

{module Form RD}

O ministro disse ainda ao veículo de comunicação que cabe à China terminar suas análises a respeito do imbróglio, e que espera que seja o mais rápido possível para que seja permitida a retomada dos embarques de carne bovina brasileira ao gigante asiático.

Houve inclusive a sugestão de Fávaro de que os Roberto Perosa, secretário de Relações Internacionais, e Carlos Goulart], secretário de Defesa Agropecuária fossem em comitiva à China para demais tratativas, mas o ministro apontou ao Valor Econômico que o governo do gigante asiático sinalizou que não havia necessidade, e que estariam satisfeitos de como o processo foi conduzido.

Vale lembrar ainda que o comitê científico da Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA) informou que o Brasil segue com o status de risco insignificante para a Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB). Além disso, a Organização reportou que encerrou as investigações do caso atípico que foi notificado no estado do Pará em fevereiro.

Fonte: Letícia Guimarães | Notícias Agrícolas

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.