Soja brasileira teve mercado lento antes do feriado


Imagem: Pixabay


O mercado da soja no estado do Rio Grande do Sul teve um dia bem lento antes do feriado de Corpus Christi, com apenas 5.000 toneladas reportadas, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “A animação foi embora de forma tão rápida quanto chegou, ontem 35.000 toneladas foram negociadas no mercado, hoje os preços caíram novamente e apenas 5.000 toneladas foram negociadas, cerca de R$3,00/saca foram perdidos de ontem para hoje. Ademais, os preços de pedra não mudaram, continuando em R$159,00/saca e estima-se que a comercialização do Estado tenha atingido 52% no final do mês passado”, comenta a consultoria.

{module Form RD}

Em Santa Catarina o mercado esteve congelado, com preços caem em R$2,00/saca. “Não houve qualquer movimento no mercado catarinense de soja e os preços voltaram a cair, hora não está bom para o vendedor, hora não está bom para o comprador, a comercialização do  Estado já  deve  chegar a 80%  e quem não vendeu até agora é quem não precisa de liquidez imediata, logo vai esperar pelos melhores preços”, completa. 

No Paraná, o mercado caiu em R$2,00/saca, sem negócios. “Mercado Paranaense não irá melhorar até que os fretes se tornem mais viáveis para o comprador ou os preços caiam o suficiente para que as margens de lucro façam sentido. Por  enquanto  parece  que  a  soja  estará  caindo,  mas  isso depende bastante da produtividade dos EUA que pode vir a falhar devido a problemas climáticos, é preciso esperar e observar”, indica. 

No Mato Grosso do Sul também não tivemos negócios, mas vimos queda de R$1,00 nos preços. “Postura bastante defensiva por parte dos vendedores sul mato grossenses, na presente situação é preciso de muito tino comercial para tomar uma decisão, a lógica da região é semelhante a de SC, a comercialização já está bastante alta e só não vendeu ainda quem queria esperar valorizar, no entanto, a preocupação de perda de valor é presente e em qualquer alta que apareça algo tem saído, ontem foi um exemplo disso, com 10.000 toneladas sendo negociadas”, conclui.

Por: Leonardo Gottems | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.