Soja e Milho: o fim de um ciclo, e o início de outro

Soja e Milho: o fim de um ciclo, e o início de outro
Imagem: Pixabay

À medida que o USDA começa a relatar o progresso da colheita, agências brasileiras fazem o mesmo para o plantio da soja. Começando com os EUA, o progresso da colheita de milho está bem dentro da média para esta época do ano. O mesmo é válido para a soja, embora apenas um ponto de dados tenha sido divulgado até agora.

Há previsão de chuvas acima do normal para o Oeste do Cinturão do Milho, mas não o suficiente para causar muita preocupação em relação ao ritmo. Ao mesmo tempo, esse padrão de chuva está se estendendo mais ao sul do que nas iterações anteriores dos modelos. Isso poderia beneficiar os níveis do Rio Mississippi, embora os excedentes não sejam enormes no momento.

Os baixos níveis do Mississippi são baixistas para os futuros na CBOT, ao mesmo tempo em que sustentam os prêmios do Golfo, já que mantêm mais produtos no Meio-Oeste, mas diminuem a oferta no porto. Se adicionarmos o ritmo da colheita, essa combinação provavelmente manterá sob pressão os contratos futuros mais curtos na CBOT. A curva em carry já mostra isso.

Plantio de milho e soja no Brasil

No Brasil, o plantio de milho de verão e soja já começou. Foi um começo precoce e pode estar relacionado a produtores pressionando os governos estaduais para encurtar o vazio sanitário a fim de evitar atrasos – especialmente aqueles que têm o algodão como segunda safra, já que ele é mais caro e sensível que o milho.

Ainda assim, há preocupações em relação ao ritmo de plantio no futuro. Nos anos recentes, atrasos no plantio de soja levaram a reduções de produção tanto na soja como no milho de inverno, embora este último seja geralmente mais sensível ao calendário.

Esses receios estão principalmente relacionados à seca que tem ocorrido na maior parte do Brasil e que as previsões continuam a projetar. Do outro lado do argumento, a umidade do solo não está ruim na maior parte do país, apesar de haver regiões de preocupação.

Estas incluem o sul de Goiás, Minas Gerais e o MATOPIBA, mas este último planta mais tarde no ano, então há tempo para melhorar (ou piorar). Por enquanto, parece que uma boa umidade do solo permitirá um bom ritmo, mas precisamos observar como os pontos de seca evoluem à medida que as chuvas continuam abaixo dos níveis normais.

Em resumo, a colheita nos Estados Unidos está progredindo bem, mas as previsões de chuvas acima do normal podem ser motivo de preocupação. Os níveis do Rio Mississippi podem se beneficiar desse padrão de chuva. No Brasil, o plantio já começou cedo, mas a seca gera preocupações, especialmente em regiões como o sul de Goiás, Minas Gerais e o MATOPIBA. Monitorar a umidade do solo será crucial para os desenvolvimentos futuros nessas regiões-chave.

Fonte: Pedro Schicchi, analista de Grãos e Oleaginosas da hEDGEpoint Global Markets | Notícias Agrícolas

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.