Syngenta propõe rotação de 6 moléculas para vencer resistência de daninhas

O Portal Agrolink entrevistou com exclusividade o gerente de Produtos de Herbicidas da Syngenta, Francisco Gutierrez. Na pauta está o programa “Lavoura Limpa”, que propõe a rotação de seis princípios ativos para vencer a resistência de plantas daninhas. Confira:

Agrolink: Qual é o objetivo do programa Lavoura Limpa?

Francisco Gutierrez: O programa Lavoura Limpa, que fomenta o manejo correto de ervas que invadem e comprometem as lavouras, foi lançado como um aliado dos agricultores no retorno à plena produtividade, o que reforça um dos principais compromissos assumidos pelo Plano de Agricultura Sustentável da Syngenta, The Good Growth Plan, de aumentar em até 20% a produtividade média das principais culturas do mundo. 

Há cerca de 15 anos, iniciou-se o cultivo da soja resistente ao glifosato no Brasil. Isso fez com que o manejo de plantas daninhas fosse baseado em apenas um ativo: o glifosato. O uso excessivo de glifosato fez com que houvesse uma seleção de plantas daninhas resistentes e tolerantes a este ativo.

Com uma profunda compreensão do cenário que se apresentava, a Syngenta buscou resgatar, com um olhar moderno, as soluções do passado para combater esse problema que prejudica muito os agricultores, adaptou produtos e criou combinações que geraram o conjunto mais forte de ferramentas para esse fim, criando o programa Lavoura Limpa. A proposta de rotação e combinação de ativos trazida pelo programa não tem precedentes no mercado.

Agrolink: Como essa iniciativa contribui para a sustentabilidade na agricultura?

Francisco Gutierrez: Uma vez que o Programa Lavora Limpa foca no manejo correto e na aplicação de boas práticas agrícolas em prol do resgate da produtividade nas lavouras, ele está diretamente conectado à sustentabilidade na agricultura.

Agrolink: Quais são os 6 princípios ativos propostos para rotação, e como funciona esse processo?

Francisco Gutierrez: A recomendação padrão para um manejo adequado de uma infestação é a entrada com Zapp QI 15 dias antes do plantio em aplicação simultânea com o Clethodim; no dia do plantio, uma aplicação de Gramocil, que possui dois princípios ativos distintos, e Dual Gold; em seguida, na chamada fase de pós-emergência, uma aplicação de Zapp Qi simultânea à de Clethodim na etapa de maturação da safra, por fim, uma aplicação de Reglone. Os produtos com ingredientes ativos distintos agem de uma maneira diferente na planta evitando que haja o surgimento de plantas resistentes. O resultado desse sistema é um ganho de até nove sacos sobre o padrão de produtividade do agricultor.

Agrolink: Que resultados são projetados no médio e longo prazo?

Francisco Gutierrez: Com um time dedidcado de Engenheiros Agrônomos no campo, faremos a recomendação correta de acordo com a situação, fazendo com que o produtor tenha sucesso em áreas infestadas de plantas daninhas resistentes ao glifosato. Os times estão sendo muito bem acolhidos pelos produtores, já que essa é uma parceria que trará bons frutos a todos. Com uma proposta técnica forte, vários princípios ativos da Syngenta funcionando em combinação, e sinergia entre os diversos atores no campo, teremos, de fato, lavouras cada vez mais limpas daqui em diante.

 

Fonte: Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.