Trigo dispara com tensão na Ucrânia


Imagem: Pixabay

O trigo fechou em forte alta de três meses (7,40%) após a decisão da Rússia de realizar “referendos” em províncias ucranianas separatistas, aponta a Consultoria TF Agroeconômica. A Ucrânia já admite que dificilmente o presidente russo, Vladimir Putin, vá renovar o acordo do “corredor de grãos” que liberava a produção dos países em guerra.

“Tecnicamente a cotação de dezembro rompeu a linha de resistência que havia a US$ 8,80/bushel e fechou 10 cents acima, no limite máximo do que podia subir no dia. Na sessão noturna, subiu a 919,50 e fechou a 905,75  com 15,75 cents acima do fechamento diurno de ontem. A principal notícia a ser seguida é a possibilidade de rompimento ou não do acordo de grãos no Mar Negro”, afirma o analista sênior da TF, Luiz Pacheco.

Se a Rússia realmente romper o acordo e o escoamento de grãos de milho e trigo da Ucrânia tiver que ser interrompido, aponta ele, o potencial de alta do mercado é o mesmo em que já esteve no início da guerra: chegar até US$ 1275/bushel, trazendo de volta os bons preços que foram perdidos pelo mercado brasileiro.

{module Form RD}

“Se isto acontecer, as Tradings irão voltar a oferecer preços maiores e um grande volume de trigo brasileiro poderá ser escoado, alterando completamente o ritmo em que vinha o mercado de trigo no país até esta terça-feira. Mas, conversando com um Trader russo, ele nos disse que o impacto não deverá ser total, ainda, porque o acordo irá até novembro e ele não acredita que haja uma ruptura antes disso. Então, seria hora de aproveitar a alta”, revela Pacheco.

Outro aspecto a ser acompanhado, pontua o especialista, é a cotação de Dezembro de 2023 (da safra 2022/23), que também subiu 46 cents/bushel junto com a cotação de dezembro de 2022 e poderá cair, assim como esta cotação subiu entre fevereiro e maio dste ano e depois caiu. “Então, nosso conselho é aproveitar para fixar os preços do trigo da safra 22/23 nesta semana”, conclui.

Por: Leonardo Gottems | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.