USDA vê maiores estoques de milho e redução da soja

Os estoques de milho nos Estados Unidos devem crescer acentuadamente ao final da temporada 2020/21, enquanto os de soja deverão cair, avaliou nesta sexta-feira o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), após prever safras norte-americanas maiores neste ano.

A projeção para a safra de milho apontou aumento de 12,9% ante a temporada passada, para 15,460 bilhões de bushels, com base em um rendimento médio de 178,5 bushels por acre, segundo o USDA.

“A perspectiva para o milho nos EUA em 2020/21 é de produção e uso doméstico recordes, aumento das exportações e estoques maiores”, disse o departamento, observando também que a previsão de oferta total do cereal é recorde.

A agência disse que a projeção de aumento na colheita ocorre à medida que mais agricultores plantam mais milho em comparação com 2019, quando o clima extremo e as inundações generalizadas impediram produtores de plantar milhões de acres.

O uso para alimentação animal e residual foi projetado em 5,8 bilhões de bushels, um aumento de 275 milhões de bushels a partir de 2019/20.

O USDA prevê que a quantidade de milho destinado para o etanol seja de 5,575 bilhões de bushels.

Os estoques finais da safra 2020/21 foram fixados em 2,637 bilhões de bushels, um aumento de 39,4% em relação à campanha de comercialização anterior.

As exportações de milho devem subir para 2,1 bilhões de bushels, ante 1,725 ??bilhão, refletindo expectativa de crescimento dos negócios globais, mas com contínua competição de outros exportadores, como Brasil, Argentina e Ucrânia.

Para a soja, o USDA estimou a safra em 4,195 bilhões de bushels, 17,9% superior à campanha de comercialização anterior, com os plantios se recuperando da queda relacionada ao clima do ano passado.

Os estoques finais cairiam para 320 milhões de bushels, 105 milhões de bushels abaixo do ano anterior, em meio à expectativa de aumento nas exportações.

Quanto ao trigo, a estimativa é de a colheita fique em 1,836 bilhão de bushels, ante 1,920 bilhões em 2019/20. O USDA também prevê que os estoques finais atingirão 777 milhões de bushels, contra 940 milhões em 2019/20.

Fonte: Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.