Do aperto de mão ao mundo virtual: A evolução do relacionamento com clientes

Do aperto de mão ao mundo virtual: A evolução do relacionamento com clientes
Imagem: Canva

A tecnologia, em nosso mercado ou em qualquer outro, é sempre um excelente recurso para otimização de tempo e dinheiro. Ela nos permite alcançar, mais do que nunca, resultados inimagináveis e oportunidades que, de outra forma, estariam fora do nosso radar.

No entanto, como em tudo, há um outro lado da moeda. Devido à facilidade de trabalhar praticamente em qualquer lugar e com qualquer dispositivo, as pessoas criaram o hábito, ou um certo comodismo, de não se encontrarem mais pessoalmente, e de construir laços reais, não apenas virtuais, com seus clientes.

Impulsionado principalmente pela pandemia, esse novo tipo de relacionamento vem se tornando cada vez mais comum no mercado de trabalho. Contudo, existe uma parcela da população, excluindo as gerações Baby Boomer e X, que frequentemente se opõem a esse novo tipo de relacionamento, considerando-o muitas vezes superficial e descartável.

Nós, brokers, somos o nosso próprio ‘commodity’, nosso cartão de visita, nosso produto. Conhecer o cliente pessoalmente vai além de uma futura venda; é sobre criar uma conexão, mostrar-se visto e relevante. Nosso papel, além de sempre oferecer o melhor negócio, é manter o cliente atualizado sobre o cenário do seu mercado.

Olho no olho, aperto de mão

A importância de uma visita presencial está no DNA da Aboissa desde sua criação. Para nosso fundador, Munir Aboissa, sempre foi primordial conhecer os clientes pessoalmente, independente do lugar ou da distância. Em suas palavras, ele sempre diz: “Quem não é visto, não é lembrado”. Por mais piegas que essa frase possa parecer, ela faz total sentido na prática do nosso mercado.

Durante meus quase 10 anos na Aboissa, tive a oportunidade de conhecer empresas e lugares que me abriram os olhos para a importância dessa frase. O aperto de mão, o olhar nos olhos e até um cafezinho com conversa casual são essenciais para criar uma conexão duradoura. O mais difícil nunca é a primeira venda, mas sim a segunda. A continuidade é o maior desafio.

Hoje, a Aboissa trabalha com mais de 65 países e em praticamente todos os cantos do mundo, atendendo a diversos perfis de clientes, empresas e negócios. Porém, independentemente de crença, nacionalidade ou etnia, todo mundo gosta de quando são bem tratatados, ouvidos e compreendidos.

Por: Tiago Vicente | Especialista em óleo de algodão e óleo de soja

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.