Produção brasileira de soja deve atingir nível recorde em 2023/24

Produção brasileira de soja deve atingir nível recorde em 2023/24
Imagem: Adobe Stock

Prevê-se que a produção de soja no Brasil atinja um nível recorde de 162 milhões de toneladas no ano comercial de 2023/24, com o plantio continuando em ritmo acelerado, de acordo com um relatório do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).

O volume representaria um aumento de 4,5% em comparação com a produção do ano anterior de 159 milhões de toneladas, segundo o relatório da Rede Global de Informações Agrícolas (GAIN) do Serviço de Agricultura Estrangeira (FAS) do USDA.

Agricultores brasileiros optam por soja em meio a preços baixos, impulsionando área de plantio

“Os preços da soja no Brasil estão nos níveis mais baixos desde os pré-pandêmicos, mas os agricultores ainda estão aumentando a área de plantio de acordo com a tendência”, disse o USDA.

“Isso se deve ao fato de os agricultores estarem trocando o plantio de milho de primeira safra pela soja. Os preços do milho também estão baixos no momento, mas piores em relação à soja.”

O USDA disse que o ritmo de plantio, por conseguinte, acima da média se deve a padrões climáticos mais ideais do que nos anos anteriores no mês de setembro.

Esperava-se que a área plantada atingisse 45,4 milhões de hectares em 2023/24, acima dos 43,8 hectares em 2022/23, segundo o relatório de 11 de outubro.

Perspectivas positivas para produtores de soja no Brasil: Custos de produção em queda e exportações em alta

Pela primeira vez em vários anos, o USDA disse que o custo de produção para os produtores de soja do Brasil deveria diminuir.

O Brasil está previsto para ter outro ano recorde de exportações de soja. As estimativas indicam embarques de 100,2 milhões de toneladas, superando os 99 milhões estimados em 2022/23, conforme mencionado no relatório.

“A previsão baseia-se no aumento das expectativas de amplos suprimentos disponíveis e em uma taxa de câmbio extremamente favorável”, disse o USDA.

De fevereiro a agosto de 2023, o Brasil exportou 80 milhões de toneladas de soja. Isso representou um aumento significativo em relação às 64 milhões de toneladas do ano anterior.

Isso se deveu à produção recorde, à redução significativa da produção na Argentina e à demanda contínua da China, segundo o relatório.

A soja é a principal cultura produzida no Brasil. O Brasil é o maior produtor e exportador de soja do mundo. A maior parte dos embarques vai para a China.

Fonte: Oils & Fats International

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

Cuba

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.