Produtores argentinos não irão aderir à greve

Produtores argentinos não irão aderir à greve
Imagem: Canva

A Confederação Geral do Trabalho está promovendo sua primeira greve durante a gestão de Javier Milei, em oposição ao decreto e à lei geral. Por sua vez, o setor rural decidiu não aderir. Em um documento assinado por 25 entidades, que incluem a Sociedade Rural Argentina e as Confederações Rurais Argentinas, afirmou-se: “Nós, produtores, decidimos não participar da greve”.

Refira-se que esta decisão ocorre no quadro de plena discussão legislativa relativamente ao aumento das retenções. Enquanto o setor reclama que não seja implementado um novo aumento e que não seja aderido à UPOV91, o comunicado expressa: “Acreditamos firmemente que o novo governo colocou sobre a mesa do debate legislativo um conjunto de normativas e leis que prometem ser benéficas para o conjunto da sociedade”.

Neste sentido, as entidades que representam a área indicaram estar convencidas de que o caminho para a superação da crise passa por continuar a trabalhar. Ressalte-se, adicionalmente, que a Coninagro e a Federação Agrária Argentina não estão entre as entidades signatárias.

Por outro lado, os setores produtivos que assinaram o documento indicaram que o trabalho que realizam é essencial para promover o desenvolvimento econômico e fortalecer os laços sociais nas províncias através das raízes e do trabalho genuíno. “As reivindicações dos trabalhadores não devem cair no emaranhado da politização”, afirma o comunicado, destacando a importância de separar as questões trabalhistas das políticas.

Ao mesmo tempo, salienta que é imperativo manter o foco nas necessidades e nos direitos de toda a sociedade. As entidades sindicais devem focar nas necessidades de seus membros, evitando influências políticas, e trabalhar pelo bem comum da nação.

Fonte: Leonardo Gottems | Agrolink

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.