Volume de fretes rodoviário do agro cresce 26% em 2022, diz FRETEBRAS



Imagem: Pixabay


Estudo da plataforma mostra avanço do transporte de carga na comparação com 2021 em todas as regiões do país; Agronegócio puxa o Centro-Oeste, que se destaca com alta de 55,6%.

Mesmo com aumentos do diesel e incertezas políticas, o Transporte Rodoviário de Cargas (TRC), que representa 65% de tudo que é transportado pelo país, fechou o ano de 2022 com crescimento de 27% no volume de fretes em comparação com o ano de 2021. Os números são da 9ª edição do relatório Fretebras.

{module Form RD}

O estudo mostra que apesar da conjuntura econômica, os setores de produtos industrializados, construção civil e agronegócio puxaram também os negócios da Fretebras. No período, a plataforma movimentou R$ 103 bilhões, com um total de 10 milhões de fretes transportados.

Para 2023, a expectativa é que o crescimento continue: “Esperamos um aumento considerável no volume de fretes embarcados e, naturalmente, uma procura ainda maior por soluções digitais para auxiliar na contratação de motoristas como a Fretebras oferece”, diz Bruno Hacad, Diretor de Operações, da Fretebras.

Ranking

O estudo traz como destaque a região Centro-Oeste, que obteve a maior variação positiva no volume de fretes, 55,6%, graças ao agronegócio. A região registrou no ano passado um número 16% superior na produção de grãos quando comparado a safra 2020/21, de acordo com a Conab.

Todas as demais regiões também apresentaram crescimento. O ranking é seguido por Sudeste (28,6%), Norte (20,4%), Sul (17,9%), e Nordeste (12,1%).

O Centro-Oeste também compõe os estados com maior crescimento no volume de fretes na Fretebras: Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso do Sul.

a capital do país, os fretes da construção representaram 65% dos fretes, tendo o cimento como produto mais transportado, com origem no Distrito Federal. O crescimento de ambos na plataforma, comparando 2022 contra 2021, fica em mais de 300%.

O estado goiano, por sua vez, teve a maior representatividade no volume de fretes na categoria do agronegócio: cerca de 50% do total em 2022. Produtos industrializados também tiveram destaque, puxados pelos “alimentícios”, produto mais transportado com origem no Goiás.

No Mato Grosso do Sul, a produção agrícola em 2022 superou em cerca de 14% a registrada na safra de 2021. Na plataforma da Fretebras, o agronegócio representou 55% dos fretes no estado em 2022. Destes, 60% foram compostos pelo milho, seguido pela soja, com 15% dos fretes.

“Vemos que a região Centro-Oeste foi o grande destaque desta edição do relatório Fretebras. O agro em 2022 foi totalmente impulsionado pela região que aumentou suas produções de soja e milho, enquanto a região Sul sofreu no começo do ano com as estiagens”, completa Hacad.

Dentre os estados mais representativos no volume de fretes, estão: SP, MG, PR, RS e GO. Destaque para MG e GO que obtiveram aumento de 2,1 p.p e 1,6 p.p, respectivamente. Enquanto isso, SP e PR registraram queda de cerca de 1,5 p.p.

Análise setorial

Agro – Os fretes do agronegócio representaram 36,3% dos transportes registrados na Fretebras no ano de 2022. Isso significou um volume de R$ 37 bilhões distribuídos. Em comparação com o ano de 2021, houve aumento de 25,9%.

Fonte: Datagro

Facebook
Twitter
LinkedIn

Aboissa apoia

Fique por dentro das novidades
e melhores oportunidades do
agronegócio – inscreva-se já!

Ásia

Arábia Saudita

Bangladesh

China

Singapura

Coréia do Sul

Emirados Árabes Unidos

Filipinas

Índia

Indonésia

Iraque

Jordânia

Líbano

Malásia

Omã

Qatar

Turquia

Vietnã

Hong Kong

América

Argentina

Bolívia

Brasil

Canadá

Chile

Colômbia

Equador

Estados Unidos

Guatemala

Ilhas Virgens Britânicas

México

Nicarágua

Panamá

Paraguai

Perú

Uruguai

Suriname

Venezuela

República Dominicana

Costa Rica

África

África do Sul

Argélia

Camarões

Costa do Marfim

Egito

Libéria

Marrocos

Serra Leoa

Sudão

Quênia

Tunísia

Ilhas Maurício

Europa

Albânia

Alemanha

Bélgica

Bulgária

Espanha

Finlândia

França

Inglaterra

Italia

Lituânia

Polônia

Portugal

Rússia

Turquia

Sérvia

Suécia

Suíça

Ucrânia

Chipre

Estônia

Irlanda

Romênia

Oceania

Austrália

Nova Zelândia

Solicite uma cotação!

Preencha o formulário e obtenha atendimento para suas necessidades comerciais.
Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções personalizadas.

*No momento não estamos trabalhando com intermediários.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.